IMPOSTÔMETRO

Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Ad Sense

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Filmagens clandestinas em banheiros

Mulheres são filmadas em situações íntimas

O ex-diretor executivo da União Brasileira dos Compositores (UBC), a maior entidade do ramo no país, Frederico Freire Lemos de Souza, está sendo acusado de ter feito mais de duas mil filmagens clandestinas em dois banheiros, um deles exclusivamente feminino, nos últimos três anos.

Os filmes flagravam em momentos íntimos funcionárias e visitantes do 7º e 8º andares do prédio, que fica na Rua Visconde de Inhaúma, no Centro da cidade. Há suspeitas de que pelo menos uma das imagens tenha sido feita no banheiro feminino do Clube Militar, na Lagoa, do qual Frederico é sócio. Ele teria ainda se utilizado do mesmo expediente em banheiros de restaurantes e casas de amigos.

Para fazer os filmes, Frederico, que foi demitido por justa causa em dezembro do ano passado, usava um aparelho celular palmtop de última geração, camuflado sob armários nos banheiros. Segundo laudo de um perito do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), as imagens de pelo menos quatro das funcionárias filmadas foram usadas por Frederico em dois sites pornográficos dos Estados Unidos. Uma delas contou que encontrou o aparelho por acaso quando estava sentada no vaso sanitário. Outra diss que Frederico usava o banheiro feminino com a desculpa de que iria lavar as lentes de contato e aproveitava para esconder lá o aparelho celular.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada