Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

INsegurança Pública no DF - violência aumentou na periferia mas também em áreas nobres e centrais como Sudoeste - Ministro da Justiça condena operação tartaruga de policiais



Governador do DF diz não admitir que PMs coloquem em risco a vida da população

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, 67 homicídios e latrocínios foram registrados apenas em janeiro
Janeiro foi um mês violento no Distrito Federal. Números atualizados no último dia 29 pela Secretaria de Segurança Pública do DF mostram que ocorreram 67 homicídios e roubos seguidos de morte, um crescimento de 26,4% em comparação com todo o mês de janeiro de 2013, quando 53 pessoas foram assassinadas. Quem mais sofre com a onda de violência é periferia de Brasília. Na manhã desta sexta, o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz convocou a cúpula da segurança pública do Distrito Federal para uma reunião com o objetivo de ações para conter a onda de violência. - Eu não vou admitir em hipótese alguma que meia dúzia de pessoas possa desmoralizar a Polícia Militar do Distrito Federal e colocar em risco a vida do cidadão de bem e do nosso povo. Isso é inadmissível - afirmou o governador, sobre a operação tartaruga deflagrada por policiais militares. 

O DF é dividido em 31 regiões administrativas (RAs). A mais importante delas é RA de Brasília, o chamado Plano Piloto, onde fica a maior parte da administração federal e dos postos de trabalho da capital federal. Em janeiro do ano passado, foram registrados dois homicídios na região. Até o dia 29 de janeiro de janeiro de 2014, o número de assassinatos ficou igual: foi um homicídio e um latrocínio (roubo seguido de morte). Na RA de Brasília, o principal problema foi o aumento do número de tentativas de latrocínio. Em janeiro de 2013, não houve nenhuma. Em 2014, já foram cinco.

Na periferia de Brasília, o cenário é pior. Em Ceilândia, a mais populosa das regiões administrativas, com mais de 400 mil habitantes, foram oito assassinatos em janeiro de 2013, e 11 em janeiro de 2014. Planaltina teve crescimento parecido, passando de sete casos em janeiro do ano passado para 11 em janeiro deste ano. Sobradinho II, também na periferia, viu o número de assassinatos pular de um em janeiro de 2013 para quatro em 2014.
No DF, policiais militares começaram há dois meses uma operação tartaruga, para pressionar o governo a atender suas exigências. Para cobrar reajuste salarial, eles inclusive colocaram outdoor na cidade, deixando claro que tinham deflagrado a operação. 

O tom de Agnelo, após a reunião, foi parecido à da nota oficial publicada nesta sexta-feira na capa dos principais jornais da cidade. O governo do Distrito Federal (GDF) disse reconhecer o direito de reivindicar democraticamente, mas que não negociará com o movimento enquanto as operações policiais não voltarem ao normal. "Como já é do conhecimento geral, parte dos Policiais Militares e dos Bombeiros Militares do Distrito Federal está realizando um movimento, eminentemente político, para pressionar o Governo a atender suas exigências. Eles se recusam a cumprir integralmente suas obrigações, e se omitem diante de um quadro que vem se agravando e espalhando a insegurança no Distrito Federal", diz a nota.

O comandante-geral da PM, Anderson Moura, informou que cinco PMs já estão respondendo processos administrativos disciplinares. Segundo Moura, esses PMs estão influenciando o comportamento dos outros policiais, principalmente por meio das redes sociais, para que eles deixem de cumprir suas obrigações. De acordo com ele ele, o processo pode resultar até mesmo em prisão. - As pessoas que nós já identificamos e que sabemos que tenham outros interesses que não o atendimento do pleito da instituição (aumento salarial), mas que sim a gente já sabe que existem interesses eleitoreiros, interesses políticos, essas pessoas nós estamos separando e elas estão respondendo aos conselhos - disse o comandante.

Ele prometeu uma ação enérgica para garantir a segurança das ruas de Brasília. - Aumenta (a partir de agora) a fiscalização, o controle, o número de policiais. Acredito que a partir dessa fala do governador, conseguiremos restabelecer a ordem - afirmou Moura.

Além dos assassinatos, cresceu o número de tentativas de homicídio e latrocínio. Em janeiro de 2013, foram 102 casos registrados. Até o dia 29 de janeiro deste ano, já foram 160, um crescimento de 56,9%. Já o número de roubos, furtos, assaltos e crimes contra o patrimônio no Distrito Federal aumentou 22%. Em 2013, o índice de homicídios foi de 25,4 casos por 100 mil habitantes. 

Em quatro regiões administrativas de renda elevada - Lago Sul, Lago Norte, Park Way e Jardim Botânico - não houve nenhum assassinato nem em janeiro de 2013 nem em janeiro deste ano. Nas áreas mais nobres e centrais de Brasília, houve aumento da violência no Sudoeste e no Cruzeiro. Essas duas regiões não tinham registrado nenhum assassinato em janeiro de 2013. Em 2014, elas registraram um caso cada.

Dados do censo de 2010 do IBGE, tabulados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), mostram que Planaltina e Ceilândia têm respectivamente renda per capita mensal de R$ 560,51 e R$ 611,29. Sobradinho II tem uma renda maior: R$ 1.203,35. A Região Administrativa de Brasília tem a quarta maior renda per capita do DF: R$ 3.835,27, atrás apenas do Lago Sul (R$ 5.420,62), Sudoeste (R$ 4.792,33) e Lago Norte (R$ 4.297,96).

Ministro da Justiça condena operação tartaruga de policiais
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, condenou nesta sexta-feira que policiais coloquem seus interesses pessoais, como aumento de salários, antes do combate à criminalidade. Ao comentar a escalada de violência no Distrito Federal, fruto de uma Operação Tartaruga da Polícia Militar, o ministro defendeu os agentes que não aderem a essas manifestações. - O bom policial, e o Brasil tem muitos bons policiais, é aquele que independentemente de suas reivindicações corporativas luta contra a criminalidade, contra o ilícito. E não festeja situações penais. O Brasil tem no seu quadro a maior parte de excelentes policiais, mas tem infelizmente uma minoria que parece que coloca seu espírito corporativo acima do interesse da sociedade. Isso é triste - afirmou Cardozo.

Cardozo afirmou que o governo federal está à disposição dos estados para ajudar em medidas de segurança pública. Ele afirmou que a quem pedir o auxílio do governo federal, se possível, será dado.

Nós estamos à disposição de qualquer estado brasileiro quando se fala do aumento da violência. Temos dialogado muito com o governo do Distrito Federal. E se nos for feito solicitação de auxílio dentro de nossas possibilidade, estará deferido. Temos conversado com o governo de Goiás e do DF, sobre o entorno, com medidas nessa área, como envio da Força Nacional. Qualquer outras coisas que possamos fazer e forem solicitadas serão atendidas.
O ministro também comentou as manifestações recentes no país, contra a Copa do Mundo no Brasil. Ele voltou a reforçar que o direito a protestar e se manifestar será garantido aos cidadãos, mas que não serão toleradas práticas ilícitas e violações do direito das outras pessoas. Cardozo ainda destacou que não pode haver prejuízo aos jogos e ao turismo no país.



Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada