Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Operação Tartaruga: PMs driblam a Constituição para pressionar governo e certamente lembram que o governo está enrolando a votação da PEC 300



Além da internet, PMs usam entidades representativas para que, na base da pressão, o governo atenda as reivindicações salariais da categoria.
Lideranças policiais aproveitam o momento de crise para iniciar campanha
Além de não atender ocorrências ou fazer de tudo para chegar atrasado a elas, como manda a Operação Tartaruga, policiais militares do Distrito Federal driblam a Constituição e se organizam em associações no intuito de mostrarem força e pressionar o governo por aumento salarial. Pelo menos 14 entidades representam praças e uma, os oficiais da corporação brasiliense. Fazendo uso delas, seus dirigentes preparam campanhas de olho nos cargos a serem decididos nas eleições de outubro. Eles contam com o apoio dos 22 mil colegas de farda — 15 mil na ativa e 7 mil na reserva. Com os familiares aptos a irem às urnas, a categoria detém um exército de mais de 90 mil votos.
Ousadia: outdoors espalhados pelo DF marcam assembleia para 13 de fevereiro e incentivam a participação de PMs na Operação Tartaruga

Jogando para essa plateia, novas e velhas lideranças policiais têm brigado por espaço nas associações e na internet. O Correio identificou 25 páginas virtuais mantidas por PMs da capital federal. Muitos deles usam discursos políticos e até números que remetem a siglas de partidos políticos. Outros não escondem a pretensão de concorrer a deputado distrital ou federal por meio de textos e vídeos publicados. Todos falam da importância dos militares em se unirem e votarem em candidatos da corporação. E prometem endurecer cada vez mais a mobilização pelo reajuste salarial e pelas outras 12 promessas do atual governo na campanha ao Palácio do Buriti quatro anos atrás.

Nesse jogo, os PMs sacam todas as suas armas, inclusive as ilegais. Ignorando a proibição de se organizarem em movimentos grevistas, marcam assembleias, como a prevista para 13 de fevereiro e anunciada por outdoors espalhados pelo DF. Prometem radicalizar, inclusive com uma paralisação geral por 24h. Em sites, blogs e redes sociais, escondidos atrás de pseudônimos, disparam comentários agressivos contra os superiores e a população. Vibram com cada crime repercutido na imprensa e torcem pelo aumento na violência, em especial no Plano Piloto, no Lago Sul e no Lago Norte, conforme revelou o Correio ontem. Contam com a impunidade — como tem ocorrido até agora — ou com o perdão pelos crimes militares cometidos em movimentos grevistas anteriores.

Policiais festejam violência e incentivam a omissão: "que vire um inferno" Integrantes de comunidade formada por militares usam as redes sociais para insuflar a Operação Tartaruga e incentivar os colegas a atrasar o atendimento das ocorrências.

Secretário de Segurança admite preocupação com o aumento da violência
 Outdoor, como o colocado no Paranoá, foi fixado em quatro cidades: cobrança contra o governo, mobilização por reajuste salarial e chamado para assembleia geral de policiais e bombeiros em 13 de fevereiro

Policiais militares têm comemorado, em troca de mensagens na internet, a escalada da violência no Distrito Federal, em especial no Plano Piloto e nos lagos Sul e Norte. Eles destacam os recentes assaltos à mão armada em casas e ao comércio. Torcem para que a situação piore. E insuflam os colegas a deixarem de atender ocorrências e até a faltar ao trabalho apresentando atestados médicos, mesmo sem qualquer doença ou lesão. Tudo para fortalecer a Operação Tartaruga, deflagrada há dois meses. Pretendem, por meio dela, aumentar a sensação de insegurança na sociedade e pressionar o governo a dar aumento salarial e outros benefícios à categoria, detentora do segundo maior vencimento do país e das melhores condições de trabalho, incluindo equipamentos e escalas de serviço e folga.

O Correio teve acesso a um grupo de discussão em uma rede social formado apenas por quem se diz PM ou bombeiro do DF. Nele, aparecem comentários agressivos daqueles que deveriam zelar pelo bem-estar do cidadão brasiliense. Alguns não economizam nas ameaças e nas agressões verbais, principalmente a quem vive nas áreas mais nobres. “Este pessoal da Asa Sul, Asa Norte, Sudoeste, Lago Sul e Norte só sabem (sic) cobrar trabalho da PM, por que não cobram também um salário digno ao policial, um plano de carreira decente, que motive o PM a trabalhar??? Quero mais é que vire um inferno Brasília, f…-se estes bacanas do Plano!”, ataca um internauta, sob o pseudônimo Xingu.

O mesmo internauta incentiva os militares a apresentarem atestados de saúde falsos para faltar ao trabalho e, assim, diminuir o contingente nas ruas. “Eu continuo na minha operação tartaruga particular. (sic) esta semana mesmo meto mais 30 dias de atestado.” Outro, identificado somente como “A Cara da PM”, destaca os casos recentes de roubo no Plano Piloto. Diz que, só assim, os militares conseguiram o que querem: “… Tartaruga forte no Plano Piloto, só assim venceremos…”. Outro anônimo, que assina apenas como “?????????”, festeja o caso de um homem de 23 anos baleado duas vezes na barriga durante um assalto a uma loja, em um posto de combustíveis, na 307 Sul, em 19 de janeiro.

PMs e bombeiros também criam sites para difundir a Operação Tartaruga, atacar a sociedade e afrontar o comando. Um deles, intitulado Rede Democrática PM e BM, lançou o projeto Multa zero 2014. Os administradores da página pedem aos colegas policiais para não multarem nenhum motorista até que o GDF ceda e atenda as reivindicações da categoria. Sem multas, defendem os inventores da campanha, os PMs ganham a simpatia da população e pressionam o governo com queda na arrecadação.

[lembramos aos PMs do DF que a situação salaria deles é excelente, especialmente quando comparada com a de policiais militares do Rio – onde existe realmente violência, o policial militar não pode utilizar coletivo fardado, mora mal, não pode colocar a farda para secar em varal exposto.
Comparem também a situação salarial das forças auxiliares com a dos militares das Forças Armadas – um soldado PMDF iniciante, ganha mais que um 1º Sargento das FF AA em final de carreira.
E quando a coisa pega quem vai restabelecer a ordem, ajudar as forças auxiliares, são os militares das Forças Armadas.
Vão e resolvem.
Somos favoráveis que os policiais – tanto os civis quanto os militares – tenham reajuste, salários dignos.
Mas, não podemos concordar com o rebaixamento dos salários dos integrantes das Forças Armadas.
Tem que haver um reajuste geral e vultoso contemplando os integrantes das Forças Armadas e Auxiliares e também a Polícia Civil – que em alguns estados ganham um salário de fome.] 

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada