Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

PM agiu em legítima defesa, diz governo - Secretário da Segurança Pública e comandante-geral da PM defendem polícia. Segundo Grella, rapaz baleado tinha ‘material explosivo’



Dilma quer evitar o uso de armas letais em atos de rua
Presidente orientou o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) a firmar protocolo de intenções com as PMs contra a repressão violenta [Gilberto Carvalho = a raposa tomando conta do galinheiro.]


Fernando Grella disse que o inquérito policial em andamento aponta que Fabrício Proteus Chaves e um colega portavam duas bolsas contendo uma chave de grifo, estilete, bolinhas de gude, óculos de proteção, uma garrafa de vinagre, e "uma substância sólida com pavio que está sendo periciada" Divulgação/SSP

O registro no fim de semana de atos de vandalismo e repressão da polícia em protestos contra a realização da Copa do Mundo, quatro meses e meio antes do início do torneio mundial de futebol, levou o governo federal a acelerar convênios e parcerias com os governos estaduais, visando ao aumento da segurança nas ruas. Além disso, a ideia e orientar as polícias para evitar confrontos letais.

De acordo com o Ministério da Justiça, a Secretaria de Segurança para Grandes Eventos, criada especialmente para a Copa, acabou de fechar convênios de atuação com todos os 12 Estados-sede da Copa e já está trabalhando nas ruas. Um plano estratégico de atuação da Polícia Federal, Forças Armadas e Agência Brasileira de Inteligência (Abin) foi entregue à presidente Dilma Rousseff, que pretende convocar uma reunião sobre a segurança da Copa quando retornar de Cuba. 

Segundo os ministérios envolvidos na segurança do evento, há hoje uma preocupação em evitar que as PMs usem armas letais na repressão às manifestações. A presidente Dilma Rousseff orientou o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) a firmar um protocolo de intenções com as PMs, de forma a evitar a repressão violenta. [os vândalos agem com violência e a petralhada – começando pelo ex-seminarista, especialista em missa negra – quer que a polícia apanhe?
Os baderneiros tem que ser convencidos 0 o método vai depender do comportamento deles – que a polícia não vai ceder diante de ações de vandalismo.]

Os ministérios da Justiça, Defesa e Esporte, além do Gabinete de Segurança Institucional, informaram que estão aguardando o chamado da presidente para dar maiores informações sobre o plano estratégico para atuação nas ruas, nos aeroportos e nas fronteiras antes e durante a Copa. Dentro dos estádios de futebol a própria Fifa terá um corpo particular de segurança. Do lado de fora das arenas, a Polícia Militar de cada Estado-sede da Copa fará o patrulhamento. A ideia é conter o vandalismo com ações de inteligência, sem que seja usada violência por parte das PMs.

A preocupação do governo a respeito de ações violentas das polícias na repressão aos protestos tem por base a ação da PM de São Paulo, em junho, durante as manifestações de rua do ano passado. No entender do governo, a truculência da PM fez jovens marcarem atos para todo o Brasil. O Planalto acredita que para cada ação truculenta haverá um aumento dos protestos. 

Exército e Abin. Da parte da Defesa, a ideia também é atender todos os Estados que pedirem reforço das Forças Armadas. Na quinta-feira houve uma reunião entre representantes dos Ministérios da Justiça, da Defesa e da Segurança Institucional, ao qual está submetida a agência de inteligência (Abin). Independentemente do pedido dos governadores, a Abin vai infiltrar agentes entre os manifestantes, na tentativa de identificar os que aproveitam os protestos pacíficos para criar tumultos ou praticar assaltos
O secretário de Estado da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira, defenderam nesta segunda-feira, 27, a ação da polícia no caso do rapaz que foi baleado na noite de sábado após manifestações em São Paulo. Os dois afirmaram que os oficiais agiram em "legítima defesa".

Segundo Grella, o inquérito policial em andamento no 4.º DP (Consolação) aponta que o estoquista Fabrício Proteus Chaves, de 22 anos, e um colega portavam duas bolsas contendo uma chave de grifo, estilete, bolinhas de gude, óculos de proteção, uma garrafa de vinagre e "material explosivo". Imagens dos objetos que o rapaz estaria portando foram divulgadas nesta segunda pela Secretaria de Segurança Pública.
Em entrevista à Rádio Estadão, o comandante-geral da PM disse que imagens de um prédio da Rua Sabará confirmam a versão dos PMs. "Vimos as imagens e percebemos que as declarações dos policiais são coerentes com aquilo que aconteceu. Temos absoluta tranquilidade de que a ação dos policiais foi legítima", afirmou.
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) destacou que a Polícia Militar abriu um inquérito para apurar as circunstâncias em que o manifestante foi baleado. "De um lado, a polícia tem de prender quem está cometendo um crime e proteger a população. Do outro, não (pode) errar. Esse é o desafio. E se a polícia erra, responde por isso."
Alckmin voltou a dizer que as manifestações são legítimas e fazem parte do processo democrático. "Podem concordar, discordar, mas não há nenhum problema em haver manifestação." E criticou os que se aproveitam dos atos para "fazer depredação, vandalismo e ferir pessoas". "É uma tarefa que não é fácil (a da polícia)."
O diretor da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil - seção São Paulo (OAB-SP), Martim de Almeida Sampaio, disse que está acompanhando "com rigor" o caso, mas que as informações ainda são controversas. "É precipitado emitir um juízo de valor com essa falta de informação. Por enquanto, pela versão oficial e pelos fatos que temos em mãos, parece que a ação está dentro do protocolo (da polícia), por mais violenta que tenha sido", disse Sampaio.
De acordo com o advogado, a comissão que quer verificar, entre outras variáveis, se o segundo tiro foi uma atitude desnecessária. "Se os policiais erraram, vamos exigir a punição." O defensor público Carlos Weis, coordenador de Direitos Humanos da Defensoria Pública de São Paulo, disse que ainda há muitos pontos a serem esclarecidos, mas disse que, segundo relatos de uma testemunha, Chaves não estava com o estilete no bolso. "Os bolsos do rapaz foram revistados antes dele correr."
Fonte: O Estado de São Paulo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada