Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Caçando ossos = Mais uma palhaçada patrocinada com dinheiro público

Depois de 23 anos, recomeça a investigação das ossadas de Perus

 Grupo de Arqueologia e Antropologia Forense já tem lista de 22 nomes de militantes assassinados e deve começar as buscas em março

Depois de 23 anos de espera, começa a procura por desaparecidos políticos entre as 1.049 ossadas descobertas em uma vala clandestina do cemitério Dom Bosco, em Perus, em setembro de 1990. Recém-criado pelo governo federal, o Grupo de Arqueologia e Antropologia Forense (GAAF) já tem uma lista de 22 nomes de militantes de esquerda assassinados pelo regime militar e deve começar as buscas em março.

 A ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário Mônica Imbuzeiro/ O Globo 

Campeã em falar bobagens, considerar suicídio como homicidio, atribuir incompetência de petistas da Caixa Economica como sabotagem da oposição e por aí vai

O trabalho reúne peritos argentinos e peruanos cujas organizações de antropologia forense inspiraram a criação do GAAF. Os peritos já se reuniram no Brasil para traçar a operação, que envolve Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, Polícia Federal, Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, Prefeitura, familiares de mortos e desaparecidos e o Ministério Público Federal (MPF).


Convidada pelo MPF no ano passado, a Equipe Argentina de Antropologia Forense (EAAF) fez uma pesquisa nas ossadas de Perus para tentar localizar o corpo do estudante Hiroaki Torigoe, morto em 1972 e enterrado no Dom Bosco sob nome falso. No laudo sobre a pesquisa feita em 22 ossadas, a especialista argentina Patricia Bernardi denunciou as más condições das ossadas, que estavam “sujas, úmidas e com fungos”. O cadáver de Torigoe não foi localizado porque, segundo a equipe argentina, havia falhas graves na avaliação antropométrica (de medidas e sexo) e odontológica das ossadas.
Presidente Dilma, aproveite o cesto de lixo no qual a senhora descartou a Helena Chagas para descartar a Maria do Rosário

Na ocasião, a equipe de Patricia Bernardi foi chamada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência para ajudar na criação do GAAF. Tanto os argentinos como os peruanos são internacionalmente reconhecidos por seu trabalho na identificação de mortos e desaparecidos políticos. Até o final do ano passado, o Brasil não possuía trabalho semelhante. Quando foram descobertas, as ossadas de Perus começaram a ser investigadas pelo legista Fortunato Badan Palhares, da Unicamp, e depois transferidas para a USP. O trabalho, no entanto, foi bastante criticado e nunca foi concluído. - O que nos move aqui é como dar uma resposta adequada às famílias. Já se passam quase trinta anos sem que seus parentes tenham sido encontrados. Estamos fazendo a retomada desse trabalho para o qual nos qualificamos. E ele envolve as três esferas de governo - disse ao GLOBO a ministra Maria do Rosário, dos Direitos Humanos.

Em fevereiro, o governo brasileiro tem de enviar um relatório mostrando à Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA como tem respondido à sentença que ordenou ao Brasil que localize os desaparecidos e que responsabilize os responsáveis pelas mortes e desparecimentos durante o regime militar. - Considero muito importante dar uma resposta positiva à Corte. Sua decisão é justa e nós a acatamos. Mas uma parte não depende do poder Executivo. Fazemos o que podemos fazer - disse Maria do Rosário.

A ministra informou que o governo já concluiu a criação do banco de DNA dos parentes de desaparecidos políticos. Depois da análise das ossadas e da separação dos ossos que possam pertencer à lista de mortos pelo regime, os peritos vão comparar o DNA dos familiares em busca de identificação. Maria do Rosário afirmou ainda que o GAAF deverá realizar buscas também na região onde ocorreu a Guerrilha do Araguaia, no Rio de Janeiro e em Foz do Iguaçu, tendo como base a lista de cerca de 190 nomes de desaparecidos de todo o país apurada pelo MPF. Maria do Rosário não informou o valor do investimento.

Entre os nomes selecionados para a pesquisa em Perus, estão pessoas que a Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos tem como certo que foram enterradas naquele cemitério assim como nomes que possivelmente possam ter tido o cadáver ocultado no local. Entre os nomes estão o de Torigoe, do marinheiro Grenaldo de Jesus da Silva, morto em 1972, e dos militantes Francisco José de Oliveira, o Chico Dialético, e Dimas Antonio Casemiro, mortos em 1971. - O que a gente espera é que aconteça o que deveria ter acontecido 23 anos atrás. A identificação de alguns dos desparecidos. Sabemos que esses ossos foram muito maltratados. Mas trabalhamos com esperança - disse Crimeia de Almeida, ex-presa política que integra a comissão de familiares. [é público e notório que quando o traidor, criminoso e terrorista era abatido em confronto com as forças de segurança, era identificado e enterrado com o nome que constava dos documentos de identificação pessoal que portava - na quase totalidade das vezes, nome falso = documentação falsa.
Não adianta sair procurando a ossada do "Antonio" se quando houve o confronto e ele levou a pior, portava documentação pessoal que o identificava como Luis, já que foi legalmente enterrado com o nome Luis.
Explicando dessa forma acho que até a inestuprável ministra Rosário entende - mais claro, só desenhando.]

O procurador regional da República Marlon Weichert explicou que o MPF está acompanhando o trabalho a pedido dos familiares. Ele integra o grupo de Justiça de Transição do Ministério Público, que investiga mortes e desaparecimentos durante a ditadura. Já o procurador da República Andrey Borges de Mendonça, que também integra o grupo, explicou que o Instituto Médico Legal (IML) vai ceder o espaço para as investigações dos peritos. Hoje, as ossadas estão sob guarda da Prefeitura no cemitério do Araçá.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada