Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Ministro Gilmar Mendes suspeita de lavagem de dinheiro em doação para multas de petistas

Ministro do STF defende que Ministério Público investigue arrecadação de campanhas movidas por Genoino e Delúbio
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu nesta terça-feira que o Ministério Público investigue a arrecadação financeira feita por condenados no processo do mensalão para pagar multas que lhe foram impostas. Para o ministro, há indícios de lavagem de dinheiro. Para pagar as multas, o ex-deputado José Genoino (PT-SP) e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares pediram dinheiro a militantes e simpatizantes por meio de páginas na internet. O primeiro arrecadou quase R$ 700 mil. As cifras de Delúbio ultrapassaram R$ 1 milhão. Ambos foram condenados por participar do esquema de desvio de dinheiro público e pagamento de mesada à base aliada no governo Lula. — Arrecadar R$ 600 mil num dia. São coisas que precisam ser refletidas. A sociedade precisa discutir isso. Tem elementos para uma investigação (pelo Ministério Público). Se for um fenômeno de lavagem? De dinheiro mesmo de corrupção? Quer dizer: as pessoas são condenadas por corrupção e estão agora festejando coleta de dinheiro. É algo estranho — afirmou.
 
O GLOBO mostrou no último sábado que em 9 dias, Delúbio arrecadou mais dinheiro que ONGs importantes, como a Pastoral da Criança e o Greenpeace.  Gilmar lembrou que os políticos acusados no processo foram condenados por corrupção, não por crime político. Por isso, ele considera grave a forma de arrecadação do dinheiro para pagar as multas. -  Agora, vem essa massa de dinheiro. Será que vão também fazer uma arrecadação para devolver todo o dinheiro que foi desviado? Tudo estranho. É interessante que todos nós estamos noticiando isso como se fosse só um fato corriqueiro. Não, não é um fato corriqueiro, há algo de grave nisso. E precisa ser investigado. E essa gente, eles não são criminosos políticos, não é gente que lutava por um ideal e está sendo condenado por isso. São políticos presos por corrupção declarou.

O ministro também levantou suspeita sobre o emprego que foi oferecido ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pelo hotel Saint Peter. Gilmar insinuou que Dirceu poderia ser dono de parte da empresa. — Se formos olhar o episódio do hotel, em que alguém oferece um emprego de 20 mil para um suposto reeducando, com propriedade no Panamá... Ele (Dirceu) era também dono do hotel? Era empregado e empregador? Veja quanta coisa está sendo colocada —observou.

Gilmar reclamou das diversas críticas de que o julgamento do mensalão teria sido político. O processo foi julgado no segundo semestre de 2012 pelo plenário do STF e resultou em 25 condenações. — O julgamento foi claro, inclusive quanto à participação de pessoas insuspeitas, de simpatias por outros lados, vocês viram o resultado. Há esse discurso agora de julgamento político. Que um eventual condenado tente descaracterizar a legitimidade da condenação é compreensível. Agora daí, outros setores, a gente tem que ficar desconfiado. Então, se a gente olha a coleta de dinheiro, esse tipo de manifestação, serviço num hotel que pertence a alguém no Panamá por R$ 20 mil, se a gente soma tudo isso, há algo a mais no ar do que avião de carreira. Está estranhíssimo — comentou.

O PSDB protocolou pedido de investigação sobre as doações nesta terça-feira, na Procuradoria-Geral da República (PGR). Assinada pelo líder do partido na Câmara, Carlos Sampaio (SP), o pedido afirma que a arrecadação pode se enquadrar em crime de lavagem de dinheiro, “na medida em que, em tese, se dissimulou a natureza, a origem ou a propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente”. O deputado pede o levantamento da lista dos doadores.

Petistas negam irregularidades
Um dos articuladores das campanhas de arrecadação de dinheiro para pagar multas dos condenados do mensalão, o advogado Marco Aurélio Carvalho rebateu as críticas do ministro Gilmar Mendes, que levantou suspeitas quanto a origem do dinheiro. Integrante do setorial jurídico do PT, Marco Aurélio considerou "inconveniente" a declaração do ministro. Ele disse que, se requisitados, serão entregues dos documentos que apontem as doações. Ele disse que as famílias e os envolvidos na arrecadação receberam com "estranheza, mas com tranquilidade" as afirmações de Mendes porque "todos os parâmetros legais foram observados" no processo de arrecadação . [esse advogado petista sabe que em qualquer operação de LAVAGEM DE DINHEIRO todos os parâmetros legais são observados - se fosse o contrário não seria LAVAGEM DE DINHEIRO.] —Acho que qualquer análise que não seja baseada em fatos e em documentos é inoportuna e inconveniente. O ministro tem o direito de falar e respeitamos a fala dele. Mas são palavras ao vento. Conversei com as famílias e com os responsáveis pela arrecadação. Estamos todos tranquilos— disse Carvalho.

O presidente estadual do PT em São Paulo, Emídio de Souza, também defendeu as doações e disse que os petistas não se preocuparam com as declarações de Mendes: — A campanha de arrecadação não é organizada pelo diretório do PT ou por qualquer instância partidária. É uma iniciativa da militância do PT e de alguns que não são petistas mas que viram no julgamento alguns sinais de exagero e decidiram contribuir, pelo princípio de solidariedade que sempre nos guiou. É uma iniciativa da qual não temos nada a ver com a forma da arrecadação. O que eu sei, o que as pessoas que estavam organizando me disseram é que não aceitariam doadores anônimos e que as pessoas (doadoras) sabem que têm que declarar no imposto de renda—disse Emídio.

O dirigente petista afirmou ainda que os contribuintes têm de declarar as doações em seu imposto de renda, assim como os responsáveis pelas contas nas quais as doações foram depositadas: — Todo mundo que contribui tem de dizer no imposto de renda, quem recebeu tem de declarar também como recebimento. Se ele (Gilmar Mendes) quer saber como foi pago, se a pessoa tinha capacidade de doar, ele pode abrir e ver o imposto de renda depois. Ele deve estar com muito tempo para fazer isso.

O deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-líder do PT e ex-ministro da Pesca, acusou o ministro de agir como líder de partido pequeno de oposição. - É uma irresponsabilidade o que ele falou. O ministro Gilmar Mendes, assim, age como um líder de partido pequeno de oposição. Com essa acusação, ele atinge até mesmo um ex-presidente do STF (numa referência a Nelson Jobim, que doou R$ 10 mil para Genoino). Um ministro do Supremo não pode atuar como um roteirista dos meios de comunicação e produzir fatos - disse Luiz Sérgio. [com quem está a verdade? líderes do PT declararam que é mentira que Jobim tenha doado dinheiro para o sentenciado Genoíno.
Agora aparece esse deputado dizendo que Jobim doou. Mais um aspecto que justifica uma investigação.]
Os petistas presentes na plateia do evento em que o deputado fez a afirmação começaram a gritar: - Vamos processar! Vamos processar! - ameaçando acionar judicialmente Gilmar Mendes.

O senador Eduardo Suplicy (SP) também criticou Mendes e o desafiou a provar que as doações são ilegais ou lavagem de dinheiro. - Eu doei para os dois (Genoino e Delúbio) e doarei para os outros. Desafio o ministro Gilmar Mendes a mostrar onde está proibido na lei - disse Suplicy.
[ministro Barbosa se ligue e mande investigar essas doações.
Afinal o senhor está sendo enganado, estão fazendo o senhor de bobo. 
Os bandidos condenados do MENSALÃO - PT, usam o produto do crime para pagar parte da pena.
É a mesma situação do bandido que assalta o bando e usa parte do produto do roubo para pagar a fiança.]

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada