Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Polícia do Rio faz megaoperação para capturar responsáveis por ataque no Parque Proletário, no domingo, quando uma policial foi morta



Operação da Polícia Militar no Morro do Juramento tem seis mortos
Seis mortos, fuzis, granadas e pistolas apreendidos em ação contra ataque a UPP
Operação da Polícia Militar no Morro do Juramento tem seis mortos
Dois policiais militares também foram baleados na ação que visa a localizar bandidos que atacaram UPP do Parque Proletário
No ataque à unidade da Vila Cruzeiro, no domingo, uma soldado morreu
Nesta terça-feira, três pessoas foram baleadas em ações em outras comunidades do Rio

Policiais do 41º BPM (Irajá) fazem uma operação, desde o início da manhã desta terça-feira, no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na Zona Norte do Rio. Oito suspeitos foram baleados. Seis deles morreram a caminho do Hospital municipal Salgado Filho, no Méier. Dois policiais militares também foram atingidos. São eles: Vinícius Telles de Oliveira e Mauro Batista dos Santos. Os policiais também foram socorridos no Salgado Filho e transferidos em seguida para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio, onde permanecem internados. [seis bandidos mortos e dois feridos para uma policial morta e três policiais feridos; proporção injusta: no mínimo, para que seja uma compensação justa, tem que ser dez bandidos mortos para cada policial assassinado e dois bandidos mortos e dois feridos para cada policial ferido.]


PM organiza armas e drogas apreendidas durante operação no Morro do Juramento Marcos Tristão / O Globo
Na ação, os policiais já apreenderam quatro fuzis AK-47, duas pistolas, granadas e material para embalar drogas, além de entorpecente que ainda será analisado. Por medida de segurança, a PM chegou a interditar por alguns minutos o trânsito na Avenida Pastor Martin Luther King, um dos acessos ao Juramento. A via já foi liberada.
A operação visa a localizar os bandidos responsáveis por um ataque contra a sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Parque Proletário, na Vila Cruzeiro, na Penha, também na Zona Norte, no último domingo. Na ocasião, a soldado Alda Rafael Castilho, de 26 anos, morreu. O também soldado Marcelo Giliardi ficou ferido, assim como dois moradores.
Além do Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, policiais militares fazem operações em outras quatro comunidades do Rio: Jorge Turco, em Rocha Miranda, Vila Kennedy, em Bangu, Favela do Rola, em Santa Cruz, e Morro do Banco, na Barra da Tijuca. No Morro do Banco, no Itanhangá, policiais do 31° BPM (Recreio dos Bandeirantes) prenderam cinco suspeitos e apreenderam uma pistola 9mm e drogas não contabilizadas. 

Na comunidade do Rola e Antares, foram encontradas uma pistola e uma mochila com drogas não contabilizadas. Dois suspeitos ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital municipal Pedro II, em Santa Cruz. Já na comunidade 48, na Vila Kennedy, dois homens foram presos por policiais militares do 14° BPM (Bangu) e um ficou ferido. Também foram apreendidos um fuzil AR15 e drogas não contabilizadas. 
Já são oito PMs mortos em áreas com UPP [e as autoridades policiais, ONGs pró-bandidos e determinada imprensa faz uma pressão danada com o desaparecimento, mais provavelmente fuga (não foi confirmada a morte) de um morador da Rocinha, ligado ao tráfico: o Amarildo.]
Baleada domingo num ataque à base da Unidade de Polícia Pacificadora do Parque Proletário, no Complexo do Alemão, Alda Rafael Castilho, de 26 anos, que era soldado, é o oitavo policial militar morto em confrontos em áreas com UPP desde 2012. Na Polícia Militar há dois anos e nove meses, ela, que cursava psicologia, foi atingida pelas costas por um tiro, supostamente de fuzil, disparado de um carro em alta velocidade. Levada para o Hospital Getulio Vargas, na Penha, Alda não resistiu ao ferimento. Das oito mortes de PMs registradas em áreas ocupadas pela polícia, metade aconteceu em favelas que integram os complexos do Alemão e da Penha. [o mais trágico é quando um policial lotado em uma UPP consegue sobreviver ao ataque de bandidos, há reação policial e morre algum bandido, há uma pressão enorme dos moradores da favela, no sentido de que o morto era um morador, cidadão trabalhador, quase santo.]
Fabiana Aparecida de Souza, de 30 anos, também soldado, foi a primeira policial lotada numa UPP a ser morta em serviço, na Favela Nova Brasília, em julho de 2012. No mesmo ano, em dezembro, outro policial — Fábio Barbosa da Silva, de 38 anos — morreu em confronto na região. Dois meses antes do ataque de domingo passado, o soldado Melquizebeque dos Santos Basílio, de 29 anos, também morreu ao ser baleado por bandidos no Parque Proletário. As outras mortes aconteceram na Rocinha, no Morro da Coroa, em Santa Teresa, na Favela do Batan, em Realengo, e na Cidade de Deus.
Desde o início do processo de retomada dos territórios que integram os complexos do Alemão e da Vila Cruzeiro, em novembro de 2010, a polícia encontra resistência dos remanescentes da facção que tinha na localidade seu principal reduto. Em meio à ocupação, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que os bandidos tinham transformado a área no QG da facção.
Nos últimos 30 dias, disparos voltaram a ser ouvidos com muita frequência por moradores do Alemão. Semana passada, duas sedes e três postos de UPPs do complexo foram atacados a tiros. O prédio que fica atrás da estação Alemão do teleférico também foi atingido por dois disparos de fuzil. Os bandidos ainda arremessaram bombas de gás lacrimogêneo. No último dia 31, um coquetel molotov foi jogado em frente à 45ª DP (Alemão), inaugurada no fim do ano passado, ao lado do teleférico da Favela Nova Brasília. O artefato atingiu dois veículos particulares estacionados. Uma granada tinha sido lançada na delegacia dias antes. Nenhum suspeito dos ataques foi preso.


Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada