Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 17 de março de 2014

Advogado de PMs do Carandiru diz que não pretende abandonar plenário

Após deixar sessão na etapa anterior, Celso Vendramini disse que quer seguir 4ª fase do júri até o fim; doze PMs acusados de dez mortes estão no banco dos réus
O advogado dos policiais envolvidos no massacre do Carandiru, Celso Vendramini, disse que não pretende deixar o plenário na quarta etapa do julgamento, iniciada nesta segunda-feira, 17, no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo. O defensor, que se ausentou na terceira fase do júri, representa desta vez doze policiais da do Grupo de Operações Táticas especiais (Gate), julgados pela morte de dez detentos e pela tentativa de homicídio de outros três no quarto andar do Pavilhão 9 da extinta Casa de Detenção.
Presidida pelo juiz Rodrigo Tellini de Aguirre Camargo, o quarto júri do caso começou às 10h30 e a expectativa é de dure até a madrugada de sábado. Segundo o Ministério Público, três sobreviventes do massacre serão as testemunhas de acusação. O corpo de jurados foi decidido às 12h10: serão três mulheres e quatro homens. Antes do sorteio, três jurados foram dispensados pela promotoria, um pela defesa e um por motivos médicos.  A audiência foi interrompida para almoço por uma hora e será retomada às 13h30.

Celso Vendramini voltará a defender os policiais militares acusados do massacre, mesmo depois de receber multa no valor de 70 salários mínimos (cerca de R$ 50 mil) por ter abandonado o plenário na fase anterior. "Hoje estou aqui com muita calma e tranquilidade. Pretendo chegar até o fim do julgamento. Mesmo sem localizar algumas testemunhas pretendo colocar um ponto final nessa via crucis", disse. 

Vendramini disse que a multa por ele ter abandonado ainda não foi paga e afirmou que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) irá recorrer da punição. " A OAB entrou com um mandado de segurança. Vamos ver o que o desembargador vai decidir, mas a multa é inviável."

O júri anterior foi dissolvido no dia 18 de fevereiro. Na ocasião, Vendramini abandonou a sessão alegando que o juiz estava favorecendo o Ministério Público (MP) durante o interrogatório de um réu por parte dos promotores. O julgamento da terceira etapa, na qual 15 PMs são acusados de 8 homicídios no 4° pavimento (terceiro andar), foi remarcado para o dia 31 de março.

Entenda. O Massacre do Carandiru aconteceu no dia 2 de outubro de 1992, quando 111 detentos foram mortos e 87 ficaram feridos durante invasão policial para reprimir uma rebelião no Pavilhão 9, na zona norte de São Paulo.

Por envolver grande número de réus e de vítimas, o júri foi desmembrado em quatro etapas, de acordo com o que aconteceu em cada um dos pavimentos do pavilhão. Na primeira etapa do julgamento, em abril do ano passado, 23 policiais foram condenados a 156 anos de prisão pela morte de 13 detentos. Em agosto, na segunda etapa, 25 PMs foram condenados a 624 anos de reclusão pela morte de 52 presos. [todas as sentenças estão sendo objeto de recurso e todos os policiais militares condenados aguardam o julgamento dos recursos em liberdade – um dos argumentos utilizados pela defesa na sustentação dos recursos é a NÃO INDIVIDUALIZAÇÃO da conduta de cada acusado, o que contraria o principio de que a pena deve ser proporcional ao ato praticado e da forma que ocorreram os julgamentos referentes as duas primeiras etapas, não houve individualização e sim julgamento por lotes, ou seja: um lote de policiais militares foi condenado por ter assassinado um lote de presos rebelados.
É perfeitamente possível que alguns policiais tenham executado mais de um preso e outros não tenham sequer disparado suas armas.
Indubitavelmente, tem condenados que receberam pena demais e outros que receberam pena de mínimo.]

Fonte: O Estado de São Paulo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada