Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 26 de março de 2014

Bolsonaro deve discursar em sessão solene da Câmara dos 50 anos do golpe – Henrique Alves pretende usar seus poderes de presidente para revanche por punição a familiares



Deputado que propôs homenagear militares foi excluído como um dos autores da sessão, mas poderá ir à tribuna se o partido o indicar
A Câmara realizará, no próximo dia 1º de abril, sessão solene em razão dos 50 anos da ditadura militar. Mas essa sessão está envolta em polêmica. Quatro pedidos se acumulam na mesa do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), entre os quais um de autoria do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que quer homenagear os militares responsáveis pelo golpe.


 O deputado federal Jair Bolsonaro Gustavo Miranda / Agência O Globo
O risco de uma sessão em apoio à ditadura gerou indignação entre os parlamentares que tem o entendimento de que o golpe foi maléfico para o país. Henrique Eduardo Alves, que teve o pai e dois tios cassados pela ditadura, decidiu que a sessão teria apenas Luiza Erundina (PSB-SP) como autora - é dela o projeto que revê a Lei de Anistia e abre a possibilidade de punição para os militares que cometeram violações nos vinte anos da ditadura. [a revanchista Luiza Erundina esquece que qualquer lei que cuide de matéria penal, se modificada ou revogada, os efeitos resultantes só retroagirão para beneficiar réus; assim, a estúpida idéia da deputada de revogar a Lei da Anistia com a revanchista pretensão de punir os militares que combateram os terroristas, os maus brasileiros que queriam transformar o Brasil em um satélite da União Soviética  não vai prosperar, por uma dezenas de fatores dos quais citamos alguns:
- o efeito da revogação ou qualquer modificação na Lei da Anistia só terá efeito retrativo no que beneficie eventuais réus;
- os eventuais crimes anistiados pela lei em questão não poderão ser desanistiados, inclusive por aquela Lei fixar claramente um prazo de abrangência da época em que os supostos delitos foram cometidos;
A Lei da Anistia está em vigência desde 1979 = 34 anos e alguns meses = e mesmo se revogada os crimes por ela anistiados além de não serem alcançados pela revogação/modificação , prescreveram em função de outras disposições legais que permanecem em vigor.]

Na reunião dos líderes no começo desta terça-feira, foi aprovado o requerimento de sessão de Luiza Erundina e derrubado o de autoria de Bolsonaro. Ele terá direito a falar na tribuna, nessa sessão especial. — O deputado Bolsonaro tem o direito de falar — justificou o líder do PP, Eduardo da Fonte (PE).

Alves disse que jamais poderia aceitar requerimento de Bolsonaro pedindo que fosse feita sessão de comemoração do golpe militar de 64. Henrique Alves lembrou que o Congresso foi fechado pelos militares. Mas, num ato falho, chamou o golpe de "revolução".  — Autorizei a solicitação da deputada Erundina para analisar os fatos e indeferi o requerimento do deputado Bolsonaro, que queria homenagear a Revolução de 64. E essa Casa não poderia fazer isso de jeito nenhum! Porque esta Casa foi perseguida, brutalmente atingida pela revolução, seus membros cassados... Essa Casa foi fechada, portanto, estou indeferindo (o pedido de Bolsonaro) — disse Henrique Alves, enfático.

A Secretaria Geral, seguindo a praxe, tinha decidido fazer uma única sessão e dar a palavra aos quatro autores. Eduardo Alves, no entanto, depois de participar de ato no Rio de Janeiro, na última segunda-feira, e conversar com a líder do PCdoB, Jandira Feghali (RJ), decidiu rever essa decisão.

Na reunião da manhã desta terça-feira, Jandira Feghali (RJ) pressionou outros líderes de partidos da base do governo para evitar que a sessão solene pare relembrar os 50 anos do golpe de 1964 se transformasse também numa sessão de elogios aos militares que atuaram nos anos de chumbo. — Não aceitamos que a sessão seja feita com ele (Bolsonaro) assinando como co-autor. Uma casa que foi fechada pela ditadura, não pode sustentar uma sessão em homenagem ao golpe, onde foram assassinados inclusive deputados. É uma agressão às famílias — disse Jandira Feghali.

No seu requerimento de solicitação da sessão, Bolsonaro elogiou o golpe: "A data de 31 de março é, reconhecidamente, um marco na história de nosso país, representando o ápice de um momento político e social no qual as Forças Armadas foram instadas pelo povo brasileiro a defenderem a ordem, o respeito e a democracia, evitando a 'cubanização' que se aproximava", argumenta Jair Bolsonaro.

Na reunião desta terça, os líderes concordaram com Jandira de que não poderia ocorrer apoio aos militares que agiram naqueles anos. — Não podemos fazer uma sessão que elogie quem fechou o Congresso Nacional — disse o líder do PDT, Vieira da Cunha (RS).
O líder do PT, Vicentinho (SP), também se pronunciou e pediu ao líder do PP, Eduardo da Fonte (PE), para conter Bolsonaro e o convencer a desistir da ideia. Em tom de brincadeira, Eduardo da Fonte reagiu ao petista: — Vem comigo então — disse, numa provocação a Vicentinho e demonstrando que não é fácil dobrar Bolsonaro.

Bolsonaro disse, semana passada, que foi procurado pela direção da Câmara. Ele deverá discursar por trinta minutos na sessão e pretendia levar para o plenário antigos militares que participaram do golpe e tiveram atuações nos anos seguintes, como o coronel Carlos Brilhante Ustra, chefe do Doi-Codi de São Paulo, e quem é apontado por perseguidos políticos de praticar tortura com os opositores do regime militar.

A sessão convocada por Erundina pedia uma "sessão solene em homenagem aos civis e militares que resistiram à ditadura, 50 anos após o golpe de Estado". Com o novo arranjo, a sessão mudou de nome para algo mais genérico e menos provocativo aos defensores do regime militar e ficou assim: "sessão solene para rememorar os fatos relacionados ao 31 de março de 1964".


Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo visto a Camara dos Deputados continua vermelha como sempre foi. No meu ponto de vista e um cabide de emprego que não nos representa. Sempre foram os comunistas do pedaço e pena que o golpe militar não mandou de vez esses terroristas para o inferno. Direitos humanos e para quem tem obrigações com o pais e com o mundo. O individuo não pode apregoar direitos humanos e deixar morrendo nas filas de hospitais, não pode deixar a polulaçao sem armas, não pode deixar a população presa dentro de suas CASAS, não pode deixar que o pais fique a deriva quanto todos esses barrigas de aluguel vermelhos que querem merda para o povo e as benesses para si. Viva o Brasil vermelhos de merda porque não vao para os países que gostam de comunismo em vez de querer meter suas ideologias de merda na cabeça de povos civilizados. Por que essa medica Jandira Feghali de merda em vez de ficar bla,bla,blando idiotices e andando na contramão do mundo não vai junto com o resto dos pcdobostas para cuba ou similares. Direitos e para quem cumpre obrigações e não meia dúzia de neuróticos que querem mudar o mundo do povo em merda como esta e congressistas e treis poderes que estão todos contaminados tendo aposentadorias de reis e todos os benefícios que alguém pode imaginar e para o povo ver as olimpiadas nos telões na rua. Viva pais de merda com gente que tem merda em vez de cérebro administrando. Na era de aquário se todos não forem juntos na mesma direção vao soçobrar no meio do caminho. Continuem andando de marcha re patifes.

Pesquisa personalizada