Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 19 de março de 2014

Crime da polícia



Para a presidente do Rio Como Vamos, estado precisa dizer claramente que medidas estão sendo tomadas para proteger a população não só contra a ação dos criminosos, mas também contra os crimes da polícia
A população do Rio de Janeiro assistiu nesta terça-feira, na televisão, horrorizada e mal acreditando nos seus olhos, à cena em que o corpo de uma mulher é arrastado pela rua por um carro da Polícia Militar. Baleada pelos policiais que, segundo os moradores — e é preciso acreditar nos moradores e no seu clamor —, já chegaram atirando, Cláudia da Silva Ferreira, assistente de serviços gerais no Hospital Marcílio Dias, foi jogada, segundo sua filha, como um cachorro na mala do carro da polícia — e é preciso ouvir e respeitar o desespero e a indignação dessa filha. [está sendo criada certa dramaticidade, fruto do exagero, quando dizem que Cláudia da Silva Ferreira foi assassinada por policiais quando teve seu corpo arrastado pela rua por uma viatura da Polícia Militar.

O veículo ideal para  socorro de feridos é uma AMBULÂNCIA com equipamento adequado a primeiros socorros e  profissionais capacitados. Infelizmente não havia uma ambulância, nem profissionais especializados em primeiros socorros, condição que obrigou os policiais militares ao uso do único recurso disponível – a viatura policial, com a colocação da Cláudia na parte traseira do veículo; apesar do usual ser a parte traseira de uma viatura policial destinada ao transporte de presos, nada impede que pessoas socorridas sejam colocadas naquele local, que inclusive oferece melhores condições de acesso. Também deve considerado com motivo para o não uso do banco traseiro, a presença de material bélico – armas e coletes a prova de balas - que se tornaria acessível a terceiros durante a colocação/retirada de Cláudia do banco.

Além da inexistência de veículo adequado, os policiais haviam acabado de participar de um tiroteio com traficantes, a viatura estava cercada por pessoas da comunidade que agiam de forma agressiva, além do fato de nada garantir aos policiais de que estavam protegidos da chegada traiçoeira de traficantes e que poderiam, sumariamente,  fuzilá-los.
Temos que reconhecer a situação de stress, a adrenalina, criando condições que motivaram os policiais a utilizar o único meio disponível para socorrer a vítima – pergunta: caso não utilizassem a viatura, iriam levar Cláudia nos braços? Esperar por uma ambulância do SAMU ou do CBMERJ? O subcomandante da UPP do Alemão, assassinado semana passada, baleado na cabeça, esperou trinta minutos por socorro – já que a ambulância que o socorreu teve que ser escoltada por uma viatura da PM.                                                                                                         
Pelos ferimentos sofridos por Cláudia – em consequência das lesões causadas pelos projéteis que a atingiram – ela já estava morta ou agonizava  quando foi colocada na viatura ou agonizando e mesmo que socorrida por uma ambulância, com uma equipe especializada, não sobreviveria. O laudo do Instituto Médico Legal não deixa dúvidas sobre a natureza letal dos ferimentos: "laceração cardíaca e pulmonar de ferimento transfixante do tórax por ação perfurocortante”, ou seja, devido ao tiro. É uma irresponsabilidade, uma falta de ética jornalística tentar passar para os leitores a idéia de que Cláudia morreu devido ter sido arrastada pela rua por uma viatura da PM.

Para ficar em um exemplo recente, quem morreu arrastado por um veículo foi o garoto JOÃO HÉLIO, quando o veículo em que estava foi tomado de assalto por um maldito ‘di menor’, tendo a criança ficado preso ao veículo pelo cinto de segurança e arrastada por vários quilômetros.

A POLÍCIA COMETE ERROS, MAS, NÃO PODE SER DEMONIZADA GRATUITAMENTE.
DEMONIZAR A POLICIA, leva o policial a ter receio de agir e quem ganha com isso é a bandidagem.]
Chegou morta ao hospital. Foi, portanto, assassinada pelos policiais. Dois deles já tinham respondido a processos por homicídio. A comunidade em que Cláudia morava está em estado de revolta — e é preciso respeitar e dar uma resposta a essa justificada revolta. Quem falou pela polícia declarou que a vítima, mãe de família e trabalhadora, “não merecia esse atendimento”. “Atendimento”? Não podia ter sido mais infeliz.
Não é só à família e aos moradores da comunidade que as autoridades devem uma reparação. É a nós todos, cidadãos desta cidade, que pagamos a essa polícia com os nossos impostos e não admitimos mais financiar, indiretamente, assassinatos, brutalidades, desrespeito e covardias. E que queremos viver em paz. Os cidadãos do Rio esperam mais do que a prisão e condenação dos assassinos. Exigem uma explicação clara do que será feito para impedir novos crimes pela polícia. Pois, como sabemos, brutalidades como essa não são fatos isolados. Policiais atendem a um comando. E se não atendem é preciso que nós saibamos. São pessoas armadas que andam pelas ruas e exercem uma autoridade que lhes é dada pela suposição de que estão do lado da lei. Quando agem como criminosos, ficamos todos desamparados. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, que cobrou, com absoluta razão, o repúdio da sociedade ao assassinato de policiais das UPPs, precisa dizer claramente o que está acontecendo e que medidas estão sendo tomadas para proteger a população não só contra a ação dos criminosos, mas também contra os crimes da polícia.
O Rio Como Vamos associa-se a todos aqueles que se indignam com mais este crime e se mobilizam para impedir que eles se repitam. Quem pede justiça é a família da vítima, a comunidade em que ela morava e toda a população da cidade do Rio. [pelo teor do artigo a Justiça pedida é a condenação dos policiais, sem julgamento, sem direito de defesa.
Na Justiça de Verdade, que será feita, ficará provado que não houve intenção dos policiais em matar Cláudia ou mesmo agravar suas condições de saúde e sim a intenção de socorrê-la com a maior brevidade possível.]
Por: Rosiska Darcy é presidente do Rio Como Vamos

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada