Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 28 de março de 2014

Eliminar fisicamente um verme como Marighella e outros da mesma estirpe, junto com a sensação do DEVER CUMPRIDO sempre será prazeroso



Morte de Marighella foi grande vitória da ditadura, diz biógrafo
O assassinato do então inimigo número um da ditadura, Carlos Marighella, foi "uma das grandes vitórias" do regime militar, afirmou nesta quinta-feira Mario Magalhães, autor da biografia que recupera a história do guerrilheiro e político, quando se completam 50 anos do golpe de 1964.

Marighella nasceu em Salvador em 1911, filho de uma escrava baiana e um imigrante italiano, começou sua atividade política ainda jovem e sua primeira passagem pela prisão ocorreu quando tinha 20 anos, após escrever um poema contra os poderes públicos do Estado da Bahia e do presidente da República. Depois de 33 anos como militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), pelo qual foi deputado, e dois e meio na clandestinidade já fora da organização política, foi assassinado pelas forças de segurança da ditadura no dia 4 de novembro de 1969, em uma emboscada que o pegou desarmado.

Em entrevista à Agência Efe, o jornalista Mario Magalhães, autor da biografia não autorizada Marighella: o guerrilheiro que incendiou o mundo, afirmou que a morte do líder revolucionário também foi um "grande golpe para a luta armada" que combatia o sistema político antidemocrático instaurado em 1º de abril de 1964 após a deposição do presidente eleito João Goulart. "Hoje, quase 45 anos após sua morte (em 1969), parece despertar mais amor e ódio que quando estava vivo. Agora está mais vivo que nunca", opinou Magalhães, acrescentando que dita bipolaridade ao redor de Marighella se deve à "atitude de suas ações, da forma de combater que tinha".

Segundo explica o jornalista, autor do livro de 700 páginas sobre Marighella que já teve 33 mil exemplares editados desde sua publicação um ano atrás, o combatente e também poeta ficou famoso na Bahia com apenas 17 anos, quando respondeu um exame de Física com versos rimados. "A agitação de sua vida foi atávica", lembrou Magalhães ao ressaltar que suas ideias não foram herdadas de sua família, mas do próprio Estado da Bahia, marcado historicamente desde a independência do Brasil e que protagonizou as maiores revoltas contra a escravidão de toda América, segundo o jornalista.

Fundador do movimento armado Ação Libertadora Nacional (ALN) após sair do PCB em 1966 por considerar que o partido não queria combater com a violência, o guerrilheiro foi considerado então um sucessor do líder da revolução cubana Che Guevara após a morte deste na Bolívia em 1967. "Excluindo artistas e atletas, foi um dos dez brasileiros de maior exposição internacional do século XX, inspirou movimentos contestatórios no mundo todo, passou a ser estudado até hoje", garante o autor da biografia não autorizada.

Além disso, e reflexo do poder e a inquietação que chegou a levantar, "foi monitorado não só por todas as agências de segurança do Brasil na democracia e na ditadura, mas também pela CIA, pela KGB soviética e por vários organismos de segurança e espionagem da América Latina", revelou Magalhães.
Cápsulas de cianureto                                                                                                              Carlos Marighella passou quatro vezes pela prisão, na qual deixou mais de sete anos de vida e onde sofreu uma tortura sistemática que lhe deixaria a marca indelével que fez com que, em liberdade, levasse sempre consigo cápsulas de cianureto para evitar ser detido com vida no caso de sofrer uma emboscada.

No dia 4 de novembro de 1969 não teve tempo de tirá-las de sua mochila porque 30 policiais da ditadura com armamento pesado dispararam contra ele em São Paulo, apesar de estar desarmado. "Não lhe pegaram com vida porque não quiseram", sentenciou Magalhães. Anos antes, o poeta Marighella escreveu sobre a liberdade que durante anos lhe foi privada: "E que eu por ti, se torturado for, possa feliz, indiferente à dor, morrer sorrindo a murmurar teu nome". [se o verme Marighella foi morto desarmado ou armado é irrelevante; sua própria história não fundamenta a versão de que estava desarmado, já que se tratava de elemento extremamente perigoso, autor de vários assassinatos, adepto da violência, da luta armada (deixou o PCB em 1966 por considerar que o partido não queria combater com violência), autor do “minimanual do guerrilheiro urbano,  cuidou durante toda sua vida de crimes de passar a imagem de estar sempre armado e ser perigoso.]

Fonte: Portal Terra

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada