Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 28 de março de 2014

INACREDITÁVEL – Mas, aconteceu e no Brasil



Mulher vive 20 anos em cárcere privado no Mato Grosso do Sul, junto com os quatro filhos
No Rio, Cira Gina da Silva conhece o mar e lembra do pesadelo que passou
Brincar na areia da praia parece coisa de criança, mas quem fez isso maravilhada na quinta-feira, pela primeira vez, foi uma mulher de 45 anos. Mantida presa pelo marido na própria casa durante 20 anos, Cira Gina da Silva diz que conhecer tudo de que foi privada por quase metade da vida foi como ter nascido novamente. - Agora estou feliz para sempre - declarou, sem parar de sorrir, depois de passar parte da tarde na Praia do Recreio, no Rio de Janeiro.
A expressão de alegria ao conhecer o mar em nada lembrava o martírio vivido por ela a mais de 1.400 quilômetros dali, na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Encarcerada junto com os quatro filhos, mesmo apanhando do marido quase que diariamente, ela não gritou por ajuda: - Tentei, mas a coragem não deu. O medo não deixou. Eu tinha um medo, agora não tenho mais. Acabou. Graças a Deus.

Além das surras, que deixaram vários dentes de Cira quebrados, manter relações sexuais com o marido significava outro sofrimento. Para ela, era como ser estuprada debaixo do próprio teto. Cira conta que a aversão começou a partir do momento que o marido passou a ser agressivo: - Quando ele brigava comigo eu já não queria saber mais dele. Eu não sabia que ele era violento, depois que eu vim saber. Quando ele começou a me maltratar, me ofender, depois disso que começou meu tormento lá dentro da casa. Meu e dos meus guris.
Serena, ela não se ressente pelo fato de sua família conhecer o drama que vivia na precária casa do bairro Aero Rancho e não ter denunciado. De acordo com ela, revelar a história à polícia oferecia risco à vida de todos: - Eles (os familiares) sabiam, mas ele falou que, se eles fossem atrás de mim, ia matar todo mundo.

O pesadelo acabou em dezembro do ano passado quando, a partir de denúncias de vizinhos, a polícia prendeu o agressor, de 58 anos, na casa que servia de prisão. De acordo com a delegada Rosely Molina, que acompanhou o caso, a vizinhança tardou a denunciar também por medo. Na ocasião, foi constatado que apenas dois filhos do casal frequentavam a escola. Os outros eram mantidos no isolamento. O cárcere tinha muros altos e um portão de ferro e, no lugar do banheiro, o que havia era um buraco feito no chão do quintal. Segundo a delegada, a expressão das crianças ao chegarem na delegacia foi impressionante. Rosely afirmou que era como se eles não conhecessem o mundo exterior. Sentimento compartilhado também pela mãe. Durante sua visita ao Rio, após o almoço, Cira perguntou se poderia tomar um sorvete. Até então, ela nunca havia experimentado.

Na última segunda-feira, cerca de três meses e meio após a conquistar a liberdade, a mulher deixou o abrigo para vítimas de violência, onde ficou temporariamente com os filhos. Agora, eles irão viver na casa do pai de Cira. Sobre os longos anos de desespero, a ex-prisioneira afirma: - As mulheres têm que criar coragem. Elas não estão aí para serem escravas deles.

Cárcere privado em números
Dados da Secretaria de Políticas para as Mulheres revelam que no primeiro semestre do ano passado 304 casos de mulheres em cárcere privado foram denunciados ao Disque 180. Além disso, dos casos de violência denunciados a principal é a física, seguida pela psicológica. Em 83,8% das ocorrências relatadas o agressor era o companheiro, cônjuge, namorado ou "ex" da vítima. Em 2013, outro telefone de denúncias do Governo Federal, o Disque 100, anotou 1527 ligações sobre tortura contra pessoas em restrição de liberdade.
Ainda segundo dado mais recente do Ministério da Justiça, de junho a dezembro de 2012 a população carcerária do país presa por este tipo de crime correspondia a 1670 pessoas.
[a grande pergunta é: será que em algum momento Cira não teve oportunidade de eliminar seu algoz?
Há alguns anos, em Minas, o marido espancava diariamente a mulher e a mantinha em cárcere privado.
Ele trabalhava na construção civil, carpinteiro, e costumava levar para casa o material de trabalho – uma bolsa de couro om que guardava os pregos e um martelo.
Chegava, tomava banho, dava umas pancadas na mulher e deitava no sofá para uma soneca.
Um dia, ela criou coragem, se aproximou sorrateiramente do individuo que estava dormindo, apanhou um prego de uns 10cm de comprimento e o martelo. Aproximou a ponta do prego no centro da cabeça do carrasco e desfechou uma forte martelada – o prego entrou feito faca em manteiga. Nem sangue saiu e o marido foi para o inferno.
É verdade que seria melhor, mais didático, se ela tivesse tido sangue frio suficiente para enfiar o prego na base do pescoço do infeliz, rompendo a medula e deixando-o tetraplégico.
Mas ... de qualquer forma ela nunca mais apanhou.]

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada