Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 22 de março de 2014

Tropas federais vão ocupar o Complexo da Maré - Forças Armadas terão 21 mil homens de prontidão para substituir policiais

A força extra se juntará ao Bope que está realizando uma operação nas favelas Nova Holanda e Parque União
As tropas federais que apoiarão as polícias do Rio já têm a primeira missão definida: ocupar o Complexo da Maré. A força extra se juntará ao Bope, que está na comunidade desde de a noite de sexta-feira, realizando uma operação nas favelas Nova Holanda e Parque União. As duas favelas são apontadas como redutos de traficantes que podem ter relação com a recente onda de ataques a UPPs.
Complexo da Maré, que será ocupado pelas Tropas Federais Custódio Coimbra (28/11/2008) / Agência O Globo

O governo federal enviará para o estado a Força Nacional e militares do Exército, Marinha e Aeronáutica. A ajuda foi decidida, ontem, numa reunião de quase duas horas entre a presidente Dilma Rousseff e o governador Sérgio Cabral. Segundo o governador, a estratégia de segurança será formalizada na segunda-feira.

Policiais militares lotados nos batalhões da Região Metropolitana do Rio estão trabalhando em regime de prontidão. Quem já estava trabalhando não pôde deixar o posto, e quem chegava não tinha previsão de sair. O plantão só acaba com ordem do chefe do Estado Maior, o coronel Paulo Henrique. - Quem quer guerra são os marginais. Nós queremos paz nas comunidades. Quem quer guerra, quem quer conflito, quem quer atirar em policial militar covardemente são eles. A nossa polícia está muito motivada, nossa Polícia Civil tem feito grandes investigações, contado com o apoio das forças federais, feito grandes trabalhos - afirmou o governador Sérgio Cabral, depois da reunião com a presidente Dilma.

Ontem, o comandante das UPPs, o coronel Frederico Caldas, confirmou que os ataques recentes foram orquestrados por traficantes. - Não temos mais dúvidas de que o que aconteceu em Manguinhos, Arará, Mandela e Camarista/Méier foram ações orquestradas. Apesar de ser uma área de hostilidade, em Manguinhos nunca tivemos um evento tão extremo - disse. [traficantes a serviço do Foro de São Paulo.]

Ordem de dentro do presídio
Os serviços de inteligência têm a informação de que os ataques foram ordenados pelo traficante Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, que está num presídio federal. A ordem teria sido passada aos traficantes José Benemário de Araújo, Claudio Fontarigo, o Claudinho da Mineira, Ricardo Chaves de Castro Lima, o Fu; Bruno Eduardo da Procópio, o Piná, Adauto Gonçalves, o Pit Bull e Luciano Martiniano da Silva, o Pezão. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, confirmou que a ordem para os ataques partiu de traficantes presos.

clique aqui para ler a íntegra da matéria



Ler a íntegra da matéria, clique aqui


A facção estaria insatisfeita com a pacificação de territórios como o Complexo do Alemão, a favela do Jacarezinho e a Vila Kennedy. Como o EXTRA mostrou semana passada, os detalhes dos ataques teriam sido planejados em reuniões no Chapadão, na Pavuna, e em Antares, em Santa Cruz. Segundo o coronel Frederico Caldas, as duas comunidades são os dois últimos grandes redutos dessa facção.

Ecos do ataque
Um ônibus foi incendiado, na noite de ontem, em Madureira, por cerca de 20 menores. Segundo informações do 9º BPM (Rocha Miranda), é possível que os menores sejam moradores do Morro do Cajueiro.

Durante a tarde de ontem, oito policiais trocaram tiros com quatro traficantes armados na Rua Dois, no alto da Rocinha. De acordo com informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), ninguém ficou ferido na ação e os criminosos fugiram. Um alerta da Secretaria de Segurança, da semana passada, detalhou os alvos dos ataques simultâneos: os palácios Guanabara e Laranjeiras e até nas residências dos governador Sérgio Cabral.

Sem detalhes de medidas a serem tomadas
Depois do encontro no Palácio do Planalto, o governador Sergio Cabral e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disseram que não detalhariam as medidas a serem tomadas, pois, em questões de segurança pública, a estratégia precisa ser implementada antes de ser divulgada. [alguém deve ter esquecido esse principio básico, já que as ocupações de favelas para instalação das UPPs são divulgadas com semanas de antecedência - o que impede que a polícia realize uma de suas funções principais, prender ou matar bandido.]

Segundo Cardozo, a orientação da presidente foi que o governo federal apoie as iniciativas do Rio, reforçando a parceria entre os dois entes federados. Para Cardozo, a solidariedade da União com o estado é total. Na segunda, o governador irá oficializar o pedido ao governo federal. Só então a presidente autorizará o envio das tropas- As perguntas sobre que forças vão intervir, onde vão intervir e como vão intervir, eu não poderei responder. Não é maldade com a imprensa, mas questões de segurança pública são tratadas sigilosamente. Depois tanto eu quanto o governador prestaremos as contas de tudo que foi efetivamente feito, e mas antes tem que ser feito e executado - disse o ministro.

Forças Armadas terão 21 mil homens de prontidão para substituir policiais
Militares agirão em caso de greves ou distúrbios que ameacem evento
Para evitar um colapso na segurança pública do país durante o período da Copa do Mundo, o governo federal tem pronto plano de substituir as polícias usando até 21 mil militares das Forças Armadas como força de contingência nas 12 cidades-sede. A medida leva em conta ameaças de greves de policiais federais, civis e militares programadas para acontecer durante o evento esportivo e ataques coordenados do crime organizado. Nas análises de risco feitas pelos responsáveis pela segurança de grandes eventos, duas cidades são as que mais preocupam: Rio e São Paulo.

Elas receberam notas máximas em todos os quesitos analisados até agora, como histórico de manifestações violentas, possibilidades de greves em setores-chave e densidade de habitantes próximos aos estádios. O número de militares que ficarão aquartelados é 50% maior do que o mobilizado no ano passado durante a Copa das Confederações, evento usado como teste pelos responsáveis pela segurança dos jogos da Copa. Naquela ocasião, 14 mil homens de Exército, Marinha e Aeronáutica ficaram de prontidão nos quartéis. O aumento dos riscos na Copa elevou a preocupação e fez o governo optar pelo aumento do efetivo.

Os militares são treinados para atuar como polícia judiciária e ostensiva, substituindo as forças estaduais no controle do patrulhamento das ruas. Os militares ganhariam o poder até de prender pessoas suspeitas. Parte da tropa participou da Força de Paz no Haiti e foi usada na ocupação dos complexos da Penha e do Alemão.

Nas ruas, 198 mil homens
A operação para deixar 21 mil nos quartéis de prontidão vai elevar os custos com a segurança do evento, revelaram fontes militares. O Ministério da Defesa não soube dizer quanto a mobilização extra vai custar, mas garantiu que ela já estava prevista desde 2012 no montante de R$ 708 milhões liberado nos três últimos anos para ser aplicado pelas Forças Armadas na segurança de grandes eventos.

O Ministério da Defesa revelou ainda que ao total falta serem somados outros R$ 69 milhões de custeio, que deverão entrar na conta nos próximos dias. Minutas para ativar o plano de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) já estão prontas. O GLO é um instrumento constitucional que garante, em caso de colapso da segurança pública, a substituição das polícias estaduais pelas Forças Armadas. Para o GLO ser ativado e entrar em operação, é necessário que os governadores dos estados encaminhem pedido formal à presidente Dilma Rousseff. Depois de assinado pelo chefe do Executivo nos estados, a segurança pública passa a ser comandada por um general.

Pelo planejamento dos responsáveis pela segurança dos jogos da Copa, um grande efetivo estará visível nas ruas. Além dos 21 mil militares do plano de contingência que ficarão de prontidão nos quartéis, serão mobilizados 57 mil homens das Forças Armadas, cem mil das forças policiais (Polícia Federal e as polícias Civil e Militar dos estados) e 20 mil homens contratados pela Fifa como seguranças dos estádios. Áreas com raios de até sete quilômetros dos estádios serão completamente isoladas. Pelo menos 500 mil pessoas credenciadas irão passar pelo crivo da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Ataques de traficantes e protestos marcados pelas redes sociais para acontecer durante a Copa elevaram o nível de preocupação da Abin e fizeram as Forças Armadas multiplicarem o efetivo de militares que farão a segurança do evento. Em Brasília, a Abin revelou preocupação com a segurança e com manifestações que possam atrapalhar a locomoção dos que querem participar do evento.

Fonte: Extra

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada