Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 28 de abril de 2014

"A ordem era matá-lo, diz afilhado" - A ESQUERDA - especialmente os 'infiltrados' - TEM ESPECIAL INTERESSE em que os que os conhecem sejam eliminados

Coronel assassinado era especialista em formar infiltrados
A guia de sepultamento diz que Malhães faleceu de infarto. Porém, muita gente se nega a acreditar que um homem acostumado a viver em meio à situações de grande tensão pereceria por conta do nervosismo. O próprio depoimento que prestou há poucas semanas foi uma situação tremendamente tensa, assim como o assédio que se seguiu à suas revelações, o que poderia ter agravado a situação do já problemático coração do coronel. [os que consideram que viver constantemente sob situações de tensão, nervosismo, stress, não mata - só matando os que não estão acostumados a viver sob tais situações - estão redondamente enganados.
O stress tem efeito cumulativo e se torna mais danoso em proporção direta com a idade, o que tornou o coronel Paulo Malhães portador de todas as condições para um infarto, AVC ou doenças assemelhadas.]


O administrador Joaquim Sarmento Souza, 25, afilhado do coronel morto, relatou à Folha neste sábado (26) uma conversa que teve com a viúva do militar logo após o crime, na qual ela afirmou que os criminosos citaram ter ordens para "matar ele". 'Ainda não matou ele? Tá demorando muito. Ouviu-se pelo rádio. Perguntavam se o meu padrinho não lembrava da família que ele matou em Caxias e ele respondia que não", disse Souza.


Malhães vivia praticamente recluso em sua pequena propriedade em Nova Iguaçu há quase três décadas. Recebia poucas visitas e morava apenas com a esposa. O imprensa gosta de dizer que Malhães chocou o Brasil porque disse que matou “tantas pessoas quanto foram necessárias” durante a ditadura, tentando transmitir a impressão de que era uma pessoa cruel. O militar chegou a se candidatar a vereador em 2000, recebeu 1.432 votos e ficou como suplente, sua candidatura foi pelo PDT.


Com dificuldades de se locomover devido a uma queda durante uma reforma da casa, o militar passava os dias sentado nas cadeiras da varanda. A relação com a família não parecia muito próxima. Ele tinha cinco filhos e estava no sexto casamento. Foi colocado na reserva em 1985, logo após o fim da ditadura.


Jornais cariocas dizem que Malhães guardava uma imensa mágoa do Exército, por quem dizia ter sido abandonado. Um dos maiores orgulhos do coronel Malhães era o que dizia ser a sua especialidade: formar infiltrados. “Eu adorava meu trabalho”, costumava dizer. Malhães era extremamente bem sucedido em fazer os presos "mudar de lado" e se tornar informantes infiltrados. "Para virar alguém, tinha que destruir convicções sobre comunismo. Em geral no papo, quase todos os meus viraram. Claro que a gente dava sustos, e o susto era sempre a morte. A casa de Petrópolis era para isso. Uma casa de conveniência, como a gente chamava."


Justamente essa especialidade, formar infiltrados, é que traz a desconfiança de que a morte do coronel foi mais do que uma infeliz fatalidade. Quem são os "infiltrados, os X9, os alcaguetes? Quem são aqueles que, arrependidos e descobrindo a verdade sobre o comunismo, resolveram combatê-lo destruindo as organizações de dentro pra fora? Isso é um tabú até hoje, e pode gerar muita celeuma, e até mortes, caso alguém ouse citar nomes.


A revelação de que foi um agente duplo pode derrubar a reputação de algumas pessoas, hoje vistas como heróis, que ocupam altos cargos na administração pública. Indenizações e “bolsas” ditadura podem ser colocadas em cheque. Computadores foram furtados na residência de Manhães, onde poderia haver informações importantes registradas. fica a pergunta: Manhães poderia ter mantido nesses computadores uma lista com os nomes dos "infiltrados" que treinou, e que ajudaram a derrotar a esquerda nos anos 70?


Até hoje o “cabo” Anselmo não conseguiu sua aposentadoria, e muito menos indenizações, justamente por sua dupla condição. Trabalhou como agente da repressão infiltrado em meio à terroristas que lutavam para implantar o comunismo no Brasil.  

Já para Vera Paiva, filha do desaparecido Rubens Paiva, o motivo da morte foi "queima de arquivo", encomendada por pessoas que atuaram na repressão, com medo de serem delatados pelo coronel Malhães.  “Quem o matou não quer que a memória e a verdade venham à tona”, disse.

[em que pese o fato do coronel Paulo Malhães reunir todas as condições fisiológicas e mesmo psicológicas para ao ficar sob situação de grande tensão, incluindo humilhações, sofrer um 'infarto agudo do miocárdio' (o militar era portador de várias patologias, incluindo, mas não limitando, miocardite hipertrófica, hipertensão e outras moléstias que matam até jovens, imaginem um idoso com 77 anos, sedentário - apresentava limitações de locomoção) não pode ser desprezada a possibilidade de assassinato.
Há espaço para se considerar que alguém contratou a execução do coronel e que os assassinos diante do estado de saúde da vítima optaram por matá-lo, digamos, provocando situações que causassem sua morte natural.

O que é absurdamente sem sentido é atribuir que o coronel foi assassinado a mando de ex-militares que trabalharam em ações repressivas. Insistimos - mesmo sendo repetitivo -  de que nenhum ex-agente da repressão, teria o menor interesse na morte do coronel.
As razões são várias e destacamos algumas:
- a mais óbvia é o desinteresse de qualquer pessoa sensata em cometer um crime grave - homicídio - para assassinar alguém que poderia delatar o mandante pela prática de atos que, se ocorreram, estão devida e irrevogavelmente anistiados; 
- os ex-agentes a serem delatados, são todos octogenários, ou quase e alguns já chegaram aos noventa anos ( deve ser considerado que se ocorreram crimes durante o Governo Militar a responsabilidade maior pelos mesmos não era dos subalternos  - que certamente eram jovens - e sim dos ocupantes de funções e postos mais elevados, com maior idade,  o que, indubitavelmente, os coloca hoje na condição de octogenários) e esses supostos interessados não possuem mais condições físicas ou mesmo de articulação para efetuar ou determinar qualquer 'queima de arquivo'. 

Já a hipótese de Malhães ter sido vítima de algum infiltrado, de algum traidor (muitos,   duplamente traidores, pois além de trair o Brasil tentando transformá-lo em satélite da extinta URSS, vários se arrependeram, traindo seus próprios companheiros, se transformando em infiltrados, X9, alcaguetes) é pouco provável, mas aceitável e não pode ser desprezada.

Não pode ser olvidado que muitos desses 'infiltrados', duplamente traidores, na época da 'conversão',  eram jovens  e hoje a maior parte deles ainda não alcançou  os setenta anos e a isso se soma que a maioria desses 'infiltrados' ocupam cargos no atual desgoverno e serem delatados acabaria com a vida deles - além da morte 'política', da morte 'economica' causada pelo desemprego ou perda da indenização, advindas da descoberta da sua repugnante condição, correm o risco concreto de serem justiçados pelos traídos - a esquerda não é generosa e certamente não perdoa os traidores.  

Esses sim, tem real interesse na morte de Malhães e de qualquer outro que tenha conhecimento e/ou acesso a nomes de 'infiltrados'.]


Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada