Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Deputada Érica Kokay, PT-DF, demita seu ASPONE ou você será demitida nas urnas em outubro

Escracho

 Aos gritos de “fascista”, “projeto de ditador” e “tucano”, três militantes da juventude petista hostilizaram o ministro Joaquim Barbosa, na saída de um restaurante em Brasília.

“A gente fez um escracho”, definiu Maria Luiza Rodrigues, 29 anos, ao jornal Folha de S. Paulo. Ao seu lado, outros dois participantes - Andreza Xavier, 25, e Rodrigo "Pilha" Grassi, 36, este último assessor parlamentar da deputada federal Érica Kokay (PT-DF) exibiam orgulho pela ofensa desferida contra o homem que preside a Corte Suprema do País, tido por essa turma como o carrasco do mensaleiro preso José Dirceu, a quem chamam de “guerreiro do povo brasileiro”. Não satisfeitos, ainda postaram vídeos da ação no Facebook.

O caso só veio à tona uma semana depois do ocorrido. Provocou reações de repúdio das oposições e silêncio sepulcral nas hostes petistas. Também pudera. Antes de se tornarem públicas suas transações com o doleiro preso Alberto Youssef, André Vargas (PT-PR), um dos ícones do partido e até outro dia vice-presidente da Câmara, incentivou o “escracho” com o seu punho erguido e a confessa vontade de acotovelar o mesmo Barbosa, durante cerimônia no Legislativo. Na época, o PT também desconversou.

E não venham dizer que “escracho” é liberdade de expressão. O nome do ato deixa claro que quem o pratica não tem a menor intenção de respeitar a expressão alheia.

Por mais que se compreenda militância como torcida cega, ninguém que voluntariamente põe venda nos olhos pode ser eximido de responsabilidade quando ataca, agride ou fere o outro. Tudo piora - e muito - quando o agressor se enche de orgulho ao exibir seu feito como troféu, estimulando outros a repetir seu ato. Uma corrente insana que propaga a intolerância e atenta contra a civilidade.

Uma corrente que o PT prefere alimentar.

Coisas assim não têm limites, não param nos xingamentos dos desafetos; dão margem e cobertura a toda sorte de desatinos contra aqueles que discordam da ordem unida. A mudez do PT no caso de Brasília e em outros, como nas provocações feitas à oposição no Rio, em Salvador e recentemente em Porto Alegre, é gravíssima. Soa como estímulo à agressão.

É o “tem de ir pra cima”, dito pelo ex Lula esta semana, ou o “bater nas urnas e nas ruas”, preconizado por Dirceu ao desafiar o então governador Mario Covas, anos atrás. Desta vez, nem jogo de cena o PT se preocupou em fazer. Com o silêncio, falou o que há tempos tenta escamotear. Disse em alto e bom som que não suporta o contraditório e pouco se importa com os valores que sustentam a democracia. Escolheu o “escracho”.

Clique aqui para vídeo com as ofensas feitas ao presidente do Supremo Tribunal Federal

Clique aqui para saber mais sobre o desrespeito ao presidente da Corte Suprema do Brasil 
 

Por: Mary Zaidan,  jornalista. Twitter: @maryzaidan, e-mail: maryzaidan@me.com 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada