Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Jean Wyllys - deputado de um único mandato, eleito com as sobras dos votos do Chico Alencar - vai terminar o mandato sem aprovar um único projeto

Jean Wyllys novamente ao lado de bandidos e contra a população

Alguma coisa sobre o Jean Wyllys - o deputado de um mandato só: Antes, deve ser destacado que o ilustre desconhecido e ex-BBB, deputado de mandato único, foi eleito com as sobras de votos do Chico Alencar. Os votos que Jean Wyllys obteve seriam insuficientes até para ser terceiro suplente de vereador.

Jean Wyllys tenta desesperadamente, desde o primeiro dia do seu atual e único mandato de parlamentar, conseguir algum destaque para conseguir ser candidato em 2016 a vereador pelo Rio, mas, nem isso está conseguindo e nem vai conseguir.

Ele já apresentou projeto para regularizar a "profissão" de "michê" e fracassou. Tem atualmente um projeto - que fatalmente irá para o arquivo... epa... me enganei, projetos dele vão para a lata do lixo - regularizando a profissão de protistuta, inclusive com direito à aposentadoria após 25 anos de labuta.

Só que ele não consegue aprovar nada. E notem que fracassar no projeto das protistutas é muito azar, dado o fato de que tal profissão  já constava do Catálogo Brasileiro de Ocupações, do Ministério do Trabalho: era a ocupação nº 5198.

Algumas dicas dadas pelo Ministério do Trabalho a respeito da profissão de prostituta ou prostituto: 

Na caracterização sumária da profissão, prostitutas e prostitutos eram descritos como o cruzamento bem-sucedido do “messalinato” com a didática moral. Leiam (em vermelho):
 “Batalham programas sexuais em locais privados, vias públicas e garimpos; atendem e acompanham clientes homens e mulheres, de orientações sexuais diversas; administram orçamentos individuais e familiares; promovem a organização da categoria. 

Realizam ações educativas no campo da sexualidade; propagandeiam os serviços prestados. As atividades são exercidas seguindo normas e procedimentos que minimizam as vulnerabilidades da profissão.” [Se percebe que a companheira prostituta ou o companheiro prostituto têm de pensar na construção da cidadania e no bem estar dos demais ‘cumpaneros’.]

Como vocês podem notar, os profissionais da área eram tomados como verdadeiros companheiros, não é?  O Ministério do Trabalho ensinava também o que é “batalhar um programa”. Acompanhem (em vermelho):
Agendar a batalha
Produzir-se visualmente
Aguardar no ponto (esperar por quem não ficou de vir)
Seduzir com o olhar
Abordar o cliente
Encantar com a voz
Seduzir com apelidos carinhosos
Conquistar com o tato
Envolver com o perfume
Oferecer especialidades ao cliente
Reconhecer o potencial do cliente
Dançar para o cliente
Dançar com o cliente
Satisfazer o ego do cliente
Elogiar o cliente

É nisso que dá ter um sistema de eleição que garante carona a ilustres desconhecidos no voto dos outros. Com apenas 13 mil votos, um participante do Big Brother Brasil virou deputado federal, e com este poder, pode criar projetos de lei que atentam contra o país.

Jean Wyllys, dessa vez, pretende, além de legalizar a maconhaconceder “anistia” aos traficantes, que seriam perdoados de forma retroativa *:
O Projeto de Lei 7270/14 prevê anistia para quem foi condenado por venda da maconha. A medida vale para as condenações anteriores à aprovação da lei. Segundo o texto, o perdão é para “todos que, antes da sanção da lei, cometeram crime previsto na lei antidrogas, sempre que a droga que tiver sido objeto da conduta anteriormente ilícita por elas praticada tenha sido a cannabis [nome científico da planta], derivados e produtos da cannabis”.

Em entrevista ao Congresso em Foco, Jean disse que a soltura do traficante é uma questão de coerência. “Se a venda for legalizada, não faz sentido a pessoa continuar presa. A gente precisa ser uma sociedade solidária, discutir. Nós temos a quarta maior população carcerária do mundo”, disse ele hoje. [só que a venda não foi, e nem será,  legalizada, continua crime o tráfico de maconha e logo que o PT se retire do cenário político (ou seja retirado) vai haver um arrocho generalizado contra os traficantes e usuários; um dos eixos do programa de repressão ao TRÁFICO e CONSUMO de drogas é que sem usuário não há demanda, não havendo demanda não há interesse na comercialização.]
Quarta maior população carcerária do mundo e quinta maior população em termos absolutos, deputado! Um pequeno detalhe que foi estrategicamente ignorado, não é mesmo? Apenas China, Índia, Estados Unidos e Indonésia possuem população maior. Seria estranho ser a quinta população do mundo e ter a centésima população carcerária, não é verdade? Talvez fosse seu sonho, um país sem leis com todos soltos, ou quem sabe apenas conservadores atrás das grades…

Outra coisa: sociedade solidária? O que solidariedade tem a ver com isso, deputado? Solidariedade, para mim, é ajudar voluntariamente pessoas corretas, carentes, necessitadas. É ceder o próprio tempo para colaborar com trabalhadores em dificuldade, com gente honesta passando por algum aperto financeiro ou emocional.

Solidariedade é aquilo que as igrejas, tão atacadas por você e seus colegas, sempre fizeram, ao distribuir comida e oferecer abrigo a quem precisasse, tudo isso sem invadir nossos bolsos com impostos (o que retira o caráter voluntário, indissociável da solidariedade verdadeira, que jamais pode ser compulsória).

Perdoar um traficante que, sabendo da ilegalidade de seu ato, ainda assim assumiu os riscos e vendeu droga ilícita por aí, só pode ser visto como “solidariedade” em uma cabeça bastante conturbada. São critérios muito esquisitos e valores morais bem deturpados. Que, aliás, vão contra a imensa maioria da população: De acordo com levantamento da empresa Expertise, divulgado no final do mês passado, 81% dos brasileiros são contra a legalização da maconha e 19%, favoráveis. Os números são semelhantes aos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), apurados em 2013, que apontaram 75% da população contrária à liberação do entorpecente.

Como liberal, considero legítimo o debate sobre a legalização da maconha, apesar de entender que o tema está muito distante das prioridades brasileiras. Há tanto a fazer antes disso! Um país sem segurança, sem saneamento, com excesso de intervenção estatal, com impostos de 40% do PIB, com impunidade, com ausência de liberdade econômica, com comunidades dominadas por bandidos, vai realmente definir como prioridade liberal o direito de vender e consumir um entorpecente que é proibido quase no mundo todo? Seremos pioneiros e cobaias justamente nisso? Se nem a Holanda gostou muito desse caminho?

Alguém realmente acha que basta legalizar a maconha para derrotar o poder paralelo nas favelas, para reduzir a criminalidade? Ora, a venda de gás é absolutamente legal, mas em várias comunidades é controlada pelos traficantes. Por outro lado, a maconha é proibida em vários países que não enfrentam o mesmo problema de criminalidade e violência. O buraco é bem mais embaixo!

Sinto muito aos colegas libertários, mas tenho outras prioridades no momento. E vale observar que tipo de gente tem abraçado com tanta vontade essa bandeira, o que já é suficiente para dar calafrios em qualquer pessoa. Aquilo que socialistas desejam com tanto afinco deveria ser sinal de, no mínimo, alerta para qualquer liberal, conservador ou libertário.

Jean Wyllys escolhe o lado dos traficantes e, em nome da “solidariedade”, quer lhes conceder o perdão legal. Eu fico do lado da população brasileira…

* Especialistas da área jurídica informam que o deputado fez apenas populismo em cima de um princípio jurídico que já valeria. Se o crime for abolido, no caso todos aqueles que foram presos por conta deste crime devem ser soltos. [exatamente; qualquer condenado pela prática de um delito que deixa de ser crime é automaticamente colocado em liberdade e seu nome retirado do rol dos culpados, já que a lei penal obrigatorialmente retroage só para beneficiar o réu.]

Por: Rodrigo Constantino

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada