Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 19 de abril de 2014

Para polícia, assistente social ajudou a matar menino; agora, que a omissão permitiu o assassinato da criança, o Conselho Tutelar e o Miistério Público querem tirar o deles da reta

A assistente social Edelvania Wirganovicz, 40 anos, presa por suspeita de participar do assassinato do menino Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, em Três Passos, no norte gaúcho, pode ter agido motivada por dinheiro. Essa é uma das explicações que a Polícia Civil tem para o seu envolvimento no caso. Conforme a delegada Caroline Bamberg, a madrasta do menino, a enfermeira Graciele Ugulini, 32, matou a criança e a enterrou com a ajuda de Edelvania. A participação física do pai do garoto, o médico Leandro Boldrini, 38, ainda é uma incógnita. A maior suspeita dos policiais é que ele tenha auxiliado no planejamento e na ocultação do crime.

Edelvania foi quem indicou o local exato em que o corpo de Bernardo estava enterrado, às margens do Rio Mico, em Frederico Westphalen. No dia seguinte ao crime, em 5 de abril, ela foi até o interior do município na casa da mãe, a quem presenteou com uma pá e uma cavadeira. A mãe, uma produtora rural, estranhou os regalos. Os equipamentos estão passando por perícia para verificar se possuem resíduos do mesmo solo em que o menino foi enterrado. Os três devem ser indiciados por homicídio qualificado.

No fim da tarde desta quinta-feira, o advogado da avó materna de Bernardo, Marlon Balbon Taborda, começou a divulgar uma série de e-mails que, segundo ele, comprovariam que a rede de proteção à criança de Três Passos foi alertada sobre o perigo que o menino corria. Conselho Tutelar e Ministério Público cometeram uma "falta grave" ao não investigarem uma denúncia feita por uma ex-babá do menino de que ele teria sofrido uma tentativa de asfixia pela madrasta em 2012.

"Avisamos os órgãos da rede de proteção da criança para averiguar os acontecimentos. Demos nomes de testemunhas a serem averiguadas, mas nunca fomos informados, nunca recebemos qualquer retorno." A babá afirma que o comportamento de Leandro, pai do menino, mudou depois que a ex-mulher morreu e começou a morar com Graciele. Segundo ela, no fim de 2012, quando já não trabalhava mais na casa dos Boldrini, encontrava Bernardo na rua com frequência. Em uma ocasião, ele revelou que a madrasta o havia agredido com uma vassoura e tentado asfixiá-lo. Conforme a babá, o menino era impedido por Graciele de entrar em casa quando o pai não estava. Para a promotora da Infância de Três Passos, Dinamárcia Maciel de Oliveira, tudo o que estava ao alcance do MP foi feito.

Polícia apreende remédios na casa de menino de 11 anos morto no RS
A polícia apreendeu vários objetos, entre eles medicamentos, na casa onde morava o menino Bernardo Boldrini, de 11 anos, encontrado morto no Rio Grande do Sul, após dez dias desaparecido. Os remédios serão usados para comparação de possíveis substâncias que podem ser apontadas no laudo da necropsia do corpo do menino. Objetos também foram apreendidos no apartamento da assistente social suspeita de envolvimento na morte da criança. Bernardo foi enterrado nesta quarta, ao lado do túmulo da mãe, na cidade de Santa Maria.

O pai, a madrasta e uma amiga do casal estão presos desde segunda-feira. O médico Leandro Boldrini prestou depoimento nesta quarta-feira. A delegada que cuida do caso, Caroline Bamberg Machado, se surpreendeu com a frieza da madrasta do menino. Para a polícia, o crime foi premeditado. - Ele vinha todo os dias na delegacia, da mesma maneira fria. Ela, inclusive, não conseguia esconder até uma certa satisfação, alegria - conta Caroline.

O advogado de Leandro Boldrini negou o envolvimento dele no crime e disse que, se a madrasta tiver alguma participação na morte de Bernardo, ela deverá ser punida. De acordo com as investigações, Bernardo - que estava desaparecido desde 4 de abril da cidade de Três Passos, norte do Rio Grande do Sul - foi levado pela madrasta até Frederico Westphalen, a 80 quilômetros, para comprar uma televisão. No apartamento da assistente social, segundo a confissão, foi dopado com tranquilizantes e levado para o interior do município, onde foi morto com uma mistura de substâncias que Edelvânia não soube descrever. A motivação do crime ainda não foi esclarecida.

Os investigadores também querem saber onde a madrasta do garoto, Graciele Boldrini, e a amiga dela, Edelvania Wirganovicz, conseguiram os medicamentos que teriam sido usados para sedar e matar Bernardo. - Nós queremos ver se em 30 dias remetemos o inquérito, já com todas as suposições apuradas - afirma a delegada Caroline Bamberg Machado.

Antes de ser assassinado, ele pediu ajuda à justiça e queixava-se de abandono da família. - O pai se comprometeu a modificar o quadro, se responsabilizou por melhorar a relação do filho com a madrasta, com a tentativa de reconstituição dos laços familiares originários - declarou conta o juiz da infância Fernando Vieira.

Fonte: Estadao.com

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada