Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 3 de maio de 2014

A cantada argentina

“Todas as mulheres gostam de ouvir uma cantada, mesmo que seja algo grosseiro, como que bela bunda você tem”, disse o Prefeito de Buenos Aires em uma entrevista a uma rádio local, na semana passada.

 O dia de “Berlusconi” de Mauricio Macri causou indignação e rendeu repúdio, inclusive de sua filha, que fez o pai se desculpar publicamente pelo comentário infeliz.
Além do óbvio sentido comum, as pesquisas locais apontam que 60% das mulheres argentinas se sentem intimidadas com o que escutam nas ruas. “Tantas curvas e eu sem freio!”. “Você é tão doce que só de olhar engordo”. “De que loja de brinquedos você escapou, boneca?”




O “piropo”, a cantada argentina, é um esporte amplamente praticado no país, mais institucionalizado que o bife de chorizo, tanto que já começou a incomodar. O problema não fica só nos assobios, no olhar parado, no roçar no transporte público, nem na atenção que, nem sempre, é desejada. A coisa vai além: já virou assédio e é possível mapear bairros em Buenos Aires onde uma simples caminhada pode se transformar em um trem fantasma de tarados e pervertidos.

Esse comportamento não é tão diferente de outros países, mas não deixa de ser uma preocupação. As desculpas estão entranhadas dentro do mesmo esquema de sociedade, a violência velada, as imposições do que é socialmente aceitável, a justificativa de que “A saia curta que convida ao delito sexual”. Seria talvez apenas um aspecto cultural, se não deixasse tantas vítimas. A Argentina está no mapa dos países mais problemáticos com a violência de gênero. Segundo as ONGs locais, a cada 35 horas morre uma argentina vítima de agressões. Ainda que o “piropo” seja a ponta do iceberg, um ataque verbal, que raras vezes passa de um trauma psicológico, a cultura do abuso não levado a sério tem suas consequências.

A “Marcha de las Putas”, com mais de 50 mil seguidores no facebook na Argentina, foi criada com o intuito de trazer à luz os delitos sexuais e de gênero, porque muitas vezes padecem de descaso, de silêncio. Tráfico de pessoas, violência doméstica, crimes passionais e violência de gênero em abundância fazem com que as declarações de Macri sejam mais graves, demonstrando mais que a conivência social, mas também o descaso político.

No mês passado, várias ONGs nacionais e internacionais decidiram se unir em Buenos Aires e Córdoba para enfrentar a questão dos piropos, espalhando frases agressivas usadas em cantadas pelas ruas sob o slogan “se te incomoda lê-las, imagina escutá-las”.  Parece que a mensagem não chegou a tempo ao Prefeito de Buenos Aires.

Gabriela G. Antunes é jornalista e nômade. Cresceu no Brasil, mas morou nos Estados Unidos e Espanha antes de se apaixonar por Buenos Aires. Na cidade, trabalhou no jornal Buenos Aires Herald e hoje é uma das editoras da versão em português do jornal Clarín. 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada