Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 20 de maio de 2014

Dilma, em manobra tipicamente eleitoreira, contando com a conivência, por omissão criminosa, da Justiça Eleitoral, inaugura trecho de ferrovia iniciada há 27 anos e que vai continuar ligando o NADA a LUGAR NENHUM



Após 27 anos, Dilma inaugura trecho da Norte-Sul, ainda sem operador
Ligação entre Goiás e Tocantins fica pronta, mas só deve escoar safra em 2015 [por enquanto, se desconhece quem vai ser o operador e o custo do transporte dos grãos – principal produto a ser movimentado pela ferrovia.]

Com um atraso de quatro anos, deverá ser inaugurado esta semana o trecho entre Palmas (TO) e Anápolis (GO) da ferrovia Norte-Sul. Iniciado há 27 anos, o projeto foi retomado e teve sua entrega prometida para 2010, ainda no governo Lula. Depois foi incluído em vídeo de campanha da presidente Dilma Rousseff, no mesmo ano. A expectativa da inauguração do trecho entre Palmas (TO) e Anápolis (GO) da ferrovia Norte-Sul pela presidente Dilma Rousseff, na próxima quinta-feira, provocou intensa agitação no canteiro da obra, na semana passada. O clima entre trabalhadores e empresários do porto seco da região era uma mistura de esperança, por ver a instalação dos trilhos 27 anos depois do começo das obras na ferrovia, espera, e ceticismo. 
É que o recebimento de produtos da região Norte até o coração do cerrado e o escoamento de safra agrícola para os portos de Norte e Nordeste dependem da definição de quem vai operar esse trecho da Norte-Sul. Em ano eleitoral, o governo tem pressa em inaugurar a obra, mas só na segunda-feira passada convocou as empresas interessadas em operar a linha, a primeira de um novo modelo de uso da malha ainda não testado, que pressupõe duas figuras independentes: o concessionário da linha e o operador, que fará o transporte de carga. — Para usar a linha, preciso saber quem vai operar, qual vai ser o preço e como será a condição do porto de Itaqui (MA) para receber a minha carga, porque ele não tem terminais adaptados para receber os meus produtos reclamou Sebastião Osmar Albertini, gerente da unidade de Anápolis da Granol, empresa de produção e comercialização agrícola à beira dos trilhos, com potencial de escoamento de um milhão de toneladas por ano pela Norte-Sul.
‘Não tem onde conectar’
Albertini não espera tirar da estrada os cerca de 200 mil caminhões por ano que poderão ser substituídos pelo uso da ferrovia. O terminal que receberá farelo de soja em Itaqui só deve ficar pronto em novembro, quando a agroindústria estará em fase de manutenção para receber a próxima safra. Com a ferrovia ativa, a estimativa é que a partir dos portos do Norte, o frete marítimo seja reduzido em ao menos quatro mil quilômetros até a América do Norte e Europa

O empresário também não sabe qual será a solução para suprir o mercado de vagões no período de escoamento da safra, quando puder usar a Norte-Sul. — Este ano, não acredito que tenhamos oportunidade de operar (na Norte-Sul), porque falta estrutura portuária para receber o produto acabado, no nosso caso, o farelo de soja, e colocá-lo em navio. Até existe estrutura hoje (em Itaqui), mas voltada para grãos e não para produto acabado — previu.
Rodrigo Vilaça, presidente da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), reforça a avaliação: — Anápolis não está pronta, neste ano não vai ter impacto nenhum (no volume de carga transportado), não tem pátio intermodal, não tem onde conectardisse. [desesperada em mostrar serviço  – que não tem competência para planejar e executar – o trecho inaugurado hoje pela Dilma, na realidade vai ligar o nada a lugar nenhum, por não ligar os centros produtores ao local de embarque, tendo em conta que o transporte vai funcionar assim:
- os caminhões descarregam a mercadoria em Anápolis, local onde é embarcada nos trens, segue pela ferrovia até Palmas, local onde por falta de ferrovias a carga volta para o transporte rodoviário (caminhões),  seguindo até o Porto  Itaqui, local em que mediante improvisação,  já que o porto não está equipado para permitir o embarque de forma rápida e econômica da maior parte dos produtos transportados pelo sanduíche rodovia x ferrovia x rodovia.]

Gastos adicionais de R$ 400 milhões
Ao contrário dos empresários, a Valec, estatal responsável pela construção da ferrovia, mostra-se bem mais otimista e prevê que a Norte-Sul “proporcionará, a partir de outubro, o embarque de farelo de soja, da safra 2013, para o porto de Itaqui, quando as instalações de carregamento da indústria Granol estarão operacionais”. Segundo a Valec, até que uma nova empresa demonstre interesse em operar a linha, o transporte das cargas poderá ser feito pela empresa VLI, que já opera o trecho da Norte-Sul entre os estados do Maranhão e do Tocantins. [cabe uma pergunta: a própria estatal responsável pela construção da Norte-Sul (é sabido que as estatais no anseio de mostrar eficiência, buscando demonstrar uma competência inexistente, sempre antecipam prazos) estabelece que só a partir de outubro as instalações estarão operacionais; pergunta-se: qual o motivo da Dilma, participando de uma farsa, inaugurar hoje um trecho que só vai funcionar em outubro?]
A entrega do trecho da Norte-Sul entre Palmas e Anápolis foi prometida para 2010, ainda no governo Lula, e depois incluída em vídeo de campanha da presidente Dilma, no mesmo ano. A obra teve orçamento inicial de R$ 4,28 bilhões, que foi acrescido de cerca de R$ 400 milhões nos últimos anos para suprir gastos excepcionais, por conta de deficiências no projeto original, superfaturamentos apontados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e obras mal executadas e refeitas. 

 Entre a primeira campanha de Dilma e a que está por vir, o ex-presidente da estatal Valec José Francisco das Neves, o Juquinha, foi preso na operação Trem Pagador da Polícia Federal por ocultação e dissimulação da origem de dinheiro de contratos de trechos da Norte-Sul. Parte das obras remanescentes, contratadas pela Valec, ainda deverá ser concluída após a inauguração, como a complementação de taludes (rampas) de concreto. 

Segundo a Valec, do total desses contratos que somam R$ 400 milhões, R$ 238 milhões já foram efetivamente gastos. As empresas contratadas também deverão oferecer manutenção em um período imediatamente após a inauguração, em contratos que vão até fevereiro. — Para 2015, o trecho a partir de Anápolis estará funcionando com tudo pronto, levando a próxima safra agrícola — disse Bento José de Lima, diretor de Operações da Valec.
Frete pode cair até 30%
Apesar dos problemas, a euforia é grande no Porto Seco Centro-Oeste, o maior do país longe do litoral. O transporte de grãos por caminhão tem perda média entre 22% e 25%. A ferrovia deve reduzir os fretes em 30%, calcula Edson Tavares, diretor-superintendente do Porto Seco Centro-Oeste, em Anápolis. As empresas da região dos ramos de veículos, produtos farmacêuticos, isolantes térmicos, alimentos, entre outros, preveem possibilidade de exportar 30% mais por via férrea. — A ferrovia vai dar uma nova reengenharia de logística aqui na região. Temos um volume de carga na nossa região que sai pelos portos do Sul e essa carga vai passar a sair pelos portos do Norte — prevê Tavares. [em 87 quando o Zé Sarney ( inventor da Norte/Sul) era o presidente da República, já era apontado as mesmas vantagens quando a ferrovia começasse a funcionar.
Nenhuma pessoa com um mínimo de bom senso, inteligência, terá a ousadia de contestar as vantagens das ferrovias sobre qualquer outra forma de transporte terrestre – tanto para passageiros quanto para cargas.
Mas, para tanto, é necessário que as ferrovias sejam construídas e concluídas. Mas a ferrovia Norte/Sul foi inventada apenas de tão somente para alimentar a corrupção desde o governo Sarney até chegar ao da Dilma.
A ferrovia Norte – Sul tem a mesma função da Transnordestina – inaugurada três vezes pelo Ignorantácio Lula da Silva, sendo que na última tiveram a cara de pau de levar vagões ferroviários para o local da inauguração, vagões aqueles que foram transportados em carretas.] 
Na ponta norte da ferrovia, o governo ainda espera empresas privadas interessadas no empreendimento para licitar a obra do trecho entre Açailândia (MA) e o porto de Barcarena (PA). O plano de inaugurar o trecho ainda neste governo corre o risco de não se realizar e nem no próximo, se tomado como base o ritmo de construção do restante da Norte-Sul.
Sem a conexão com Barcarena, o acesso aos portos do Norte é feito hoje via rodoviária ou pela ferrovia de Carajás, que liga a Norte-Sul ao porto de Itaqui. No lado Sul, a parte mais adiantada da obra é o trecho entre Ouro Verde de Goiás (GO) e Estrela D'Oeste (SP), orçado em R$ 2,7 bilhões. O prazo original de entrega da obra era março de 2009, mas com os adiamentos passou para abril de 2015.

Clique para galeria das obras da Norte/Sul 

 [a ferrovia quando, e se, for concluída será uma obra maravilhosa – pena que inadequada para o transporte de passageiros; o que complica é a construção em pedaços, que acarreta baldeação: produtor x rodovia x ferrovia x rodovia x ferrovia x rodovia x porto]



Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada