Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 17 de maio de 2014

Eles sempre perdem - se necessário, OS BRASILEIROS DO BEM e PATRIOTAS, irão ao confronto

Cenários da crise

A política convive desde sempre com um paradoxo: não é um campo propício a profecias – elas quase sempre falham -, mas os que nela se movem nutrem-se de prospecções. Não se dá um passo sem se pensar antes no que se desenha para o futuro. Magalhães Pinto dizia que política é como nuvem: a cada momento adquire uma forma diferente.

Um acontecimento banal, uma declaração infeliz podem desencadear mudanças consideráveis. Ciro Gomes, por exemplo, ia muito bem na campanha eleitoral de 2006 quando declarou, num de seus momentos zen, que o papel de sua mulher na campanha era dormir com ele. Serrou assim o galho em que estava sentado.
Nas eleições de 1945, o brigadeiro Eduardo Gomes, candidato da UDN, saiu de cena ao declarar que não precisava do voto dos marmiteiros. Luiz Carlos Prestes, então senador do Partido Comunista, levou sua legenda à ilegalidade, na Constituinte de 1946, ao dizer que ficaria do lado da União Soviética na hipótese de uma guerra com o Brasil. Mordeu a isca da provocação.

Há inúmeros exemplos semelhantes, que obviamente, pelo inusitado, não constaram das projeções analíticas. Fiquemos, pois, com os dados disponíveis. 

Cenário 1: Dilma vence as eleições. Como será o day after? Pelo que está expresso em documentos recentes do PT, teremos a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte para fazer a reforma política, de que constam, entre outras coisas, financiamento público de campanha e voto em lista.
Sabe-se também que o partido sonha com a tal democracia direta, que, na Venezuela, levou Chávez a construir seu regime bolivariano, pontuado por plebiscitos, em que apenas o governo tinha acesso aos meios de propaganda. Ali também liberou-se a reeleição sem limites. O limite de Chávez foi a própria vida.
Também constam das pretensões do partido duas metas, uma há muito não mencionadaa extinção do Senado e outra, sempre mencionada: a regulamentação da mídia. A primeira poria fim à federação, centralizando ainda mais o poder no governo central, e a segunda estabeleceria a censura aos veículos de comunicação, como já ficou demonstrado em numerosas análises, inclusive aqui, neste blog.

Cenário 2: vence alguém da oposição. Terá que promover ajustes profundos na economia, sobretudo na máquina estatal, hoje aparelhada pelo PT e aliados. Serão medidas em grande parte impopulares, mas inevitáveis. O futuro presidente terá que contar com uma oposição violenta e vingativa, que se empenhará em manter as ruas em sobressalto e sabotar, dentro e fora do Congresso, iniciativas do governo, como já fazia no passado. [aqui cabe lembrar que sempre tentaram se impor pela violência, exercer a vingança, mas SEMPRE FORAM e SERÃO DERROTADOS.]

Doze anos de poder conferiram mais substância à militância petista, que não admite a hipótese de derrota; diante dela, se dispõe à guerra total, como não cansa de repetir o chamado núcleo duro do partido. Quem o frequenta – e não é o meu caso, embora converse com quem o faz – garante que não passa pela cabeça dos comandantes do PT perder; mas, se ocorrer, não se pense em transmissão passiva ou pacífica do poder, inerente aos ritos democráticos. No parecido, não se fala em campanha, mas em guerra eleitoral. [os BRASILEIROS DO BEM, os PATRIOTAS, sempre estarão dispostos ao confronto com a maldita esquerda - a direita mais visível, mais conservadora e decidida é formada em grande parte por pessoas com mais idade, muitas já não estão aptas ao confronto direto, mas, sempre poderá ser útil no treinamento dos jovens, na coordenação da resistência aos malditos petistas e assemelhados.]
Apertem os cintos, o piloto pirou.
São essas as projeções, nada agradáveis, que aqui resumo, na expectativa de que falhem.

Fonte: Ruy Fabiano,  jornalista.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada