Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Golpe de Estado na Tailândia e Constituição tailandesa é suspensa



Exército anuncia golpe de Estado na Tailândia
Após decretar lei marcial no país, chefe das Forças Armadas anunciou nesta quinta-feira (22) a suspensão da Constituição tailandesa
Quando decretou, na quarta-feira (21), a lei marcial na Tailândia, o chefe das Forças Armadas do país, o general Prayut Chan-O-Cha, garantiu que não se tratava de um golpe de Estado. A população, que vive no país que mais sofreu golpes militares na história moderna, ouviu o discurso com ceticismo.

Não demorou muito para que a lei marcial, que garante ao Exército o comando sobre todos os assuntos envolvendo a segurança nacional, evoluísse para o golpe de Estado. Nesta quinta-feira (22), o general Prayut Chan-O-Cha anunciou, em discurso televisionado, a suspensão da Constituição do país. "As Forças Armadas tomam o poder a partir de 22 de maio", declarou.

Sem mencionar a palavra "golpe", Chan-Ocha disse que a medida é necessária para que o país, que vive uma crise política há sete meses "regresse à normalidade". "Vamos reformar a estrutura econômica, política e social da Tailândia." Além de suspender a constituição, o Exército demitiu funcionários do governo, mas decidiu manter em funcionamento o Senado. O Exército ordenou aos manifestantes dos movimentos pró e contra o governo que saiam das ruas. "Para manter a paz e a ordem, todos os manifestantes, de todos os grupos, devem regressar às suas casas."

Desde o fim da monarquia absolutista da Tailândia, em 1932, as Forças Armadas da Tailândia já intervieram 19 vezes em crises políticas do país. Obteve sucesso em 11 delas.  A última vez que o Exército decretou a lei marcial foi em 2006. A medida culminou no golpe de Estado contra o então primeiro-ministro, Thaksin Shinawatra, irmão da ex-premiê Yigluck Shinawatra - demitida há duas semanas pela Justiça tailandesa por abuso de poder. 

Desde a saída de Thaksin do poder, a Tailândia entrou em uma nova crise política. Opositores do governo reclamavam que o ex-premiê continuava, por meio da irmã, mandando e desmandando no país mesmo no exílio, em Dubai. Mas a população começou a tomar as ruas de Bangcoc no final do ano passado, quando Yigluck Shinawatra dissolveu o Parlamento tailandês e anunciou novas eleições gerais para fevereiro. 

Os oposicionistas passaram a tomar ruas, avenidas, parques e, inclusive, edifícios governamentais da capital.  O pleito convocado por Yigluck acabou boicotado por manifestantes contrários ao governo, liderados pelo ex-parlamentar Suthep Thaugsuban. Protestos, cada vez mais violentos, envolvendo partidários e contrários à ex-premiê, resultaram na morte de 28 pessoas e deixaram mais de 800 feridos.

Para conter a violência e a "desordem", a  primeira medida anunciada pelo Exército, na quarta-feira (22), foi "obrigar" ambos os lados em conflito a negociar. Após dissolver o Centro para a Administração da Paz e da Ordem - órgão governamental até então encarregado de garantir a paz nos protestos -, o Exército tentou promover uma rodada de negociação de paz. Os detalhes da reunião não foram divulgados. Como o golpe foi anunciado poucas horas após o fim do encontro, é de se imaginar que não chegaram a consenso algum.

Fonte: Portal Terra


Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada