Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Ministro Cardozo fala sobre confronto com índios, mas não menciona que até motocicletas da PM foram atingidas por flechas



Ao falar sobre confronto com índios, Cardozo diz que turista deve se sentir seguro
Ministério Público e o Ministério da Justiça deverão criar gabinetes de crise nas cidades-sede da Copa
Depois de participar de uma reunião do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quarta-feira que a polícia deve coibir eventuais excessos em manifestações públicas. O ministro fez o comentário ao responder uma pergunta sobre o protesto em que um índio disparou uma flecha contra um policial militar próximo ao estádio Mané Garrincha, palco de sete jogos da Copa. - A polícia deve garantir a liberdade de manifestação e deve evitar que pessoas abusem. Quem abusar deverá ser punido - afirmou Cardozo.

O ministro não disse, no entanto, se os índios deveriam ser proibidos de participar de manifestações públicas com arcos e flechas. Segundo ele, cada caso deve ser analisado separadamente. Cardozo afirma ainda que o confronto entre policiais e índios perto do estádio não daria motivos para turistas estrangeiros se sentirem inseguros. Ele argumenta que protestos costumam ocorrer em qualquer outro país que promova grandes eventos. - Acho que os estrangeiros devem se sentir seguros sim porque a polícia está presente para garantir exatamente o respeito à lei, à liberdade de manifestação, mas não permitir abuso - afirmou.

Durante os confrontos, que duraram aproximadamente duas horas, um policial e quatro índios, segundo o Conselho Missionário Indigenista, ficaram feridos. Cardozo também reconheceu problemas na segurança do ônibus usado para transportar jogadores da seleção brasileira, no Rio. O ônibus foi cercado por professores que estão em campanha por reajuste salarial. Segundo Cardozo, são questões pontuais a serem resolvidas ao longo da Copa. - Essas questões pontuais pouco a pouco vão aparecendo e nós vamos solucionando. O importante é que o plano existe e que nós teremos um excelente padrão de segurança na Copa - afirmou.

Gabinete de Crise
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta quarta-feira que o confronto entre índios e policiais militares em frente ao estádio Mané Garrincha, futuro palco de sete jogos da Copa, não é motivo para turistas estrangeiros se sentirem inseguros. Segundo ele, manifestações de rua também acontecem em outros países. No protesto perto do estádio, um índio atingiu a perna de um policial com o disparo de uma flecha. Para o Janot, o Brasil é um país amigo e seguro. - Acho que sim. Manifestações existem em todo o mundo. Acho que isso não abalará a grandeza da festa. Não abalará a convicção do estrangeiro de que ele está num país amigo, um país seguro - afirmou.

O procurador informou ainda que, na próxima semana, o Ministério Público e o Ministério da Justiça deverão criar gabinetes de crise nas cidades-sede da Copa para facilitar a aplicação da Justiça em atos relacionados à Copa. Os gabinetes terão a participação de procuradores, promotores, policiais, advogados, juízes e defensores públicos. Com os gabinetes de crise, o procurador entende que o Estado dará resposta rápida a eventuais problemas.- Nós estamos constituindo um Gabinete de Crise para que a gente possa, com os demais atores, ter atuação pronta no caso de excessos nessas manifestações, de um lado e de outro - disse Janot.

Cimi nega prisões
A assessoria de imprensa do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) contestou a informação de que um dos participantes do protesto de ontem em frente ao estádio Mané Garrincha, que atingiu um policial militar com uma flechada na perna, tenha sido detido. [Papa Francisco! A Cimi, vinculada à CNBB, que é subordinado a Sua Santidade, faz comentários nos quais expressa regozijo por índios não terem sido penalizados pelas agressões a policiais militares.] De acordo com a assessoria, nenhum dos indígenas que estiveram na manifestação prestou depoimento à Polícia Civil. A assessoria informou que seis índios ficaram feridos durante o confronto com a Polícia Militar ontem: quatro com balas de borracha, e dois com estilhaços de bombas.

A assessoria também explicou que os índios só podem ser detidos e interrogados pela Polícia Federal. Além disso, só o Ministério Público Federal pode apresentar denúncias contra eles, e somente a Justiça Federal pode julgar eventuais irregularidades ou crimes. Ainda de acordo com a assessoria, o uso de arco e flecha, como verificado durante o confronto com a Polícia Militar, deve ser encarado não como arma branca, mas num contexto cultural. A assessoria observou que o equipamento é utilizado não apenas para a guerra ou ataque, mas também para caça, pesca e até em rituais religiosos. Na visão do Cimi, os índios sentiram-se acuados no protesto de ontem e, por isso, revidaram. [Papa Francisco!  Mais uma vez rogo a Sua Santidade que intervenha e esclareça a esse estúpido assessor da Cimi que matar pessoas é assassinato – violando inclusive o QUINTO MANDAMENTO;
Se deixar por conta desse estúpido que a matéria chama de assessor, os que matam pessoas por lapidação nos países árabes estão apenas exercendo um costume.]

Fonte: O Globo


Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada