Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Pobre Rio




O sequestro de um ônibus no Rio de Janeiro, ainda que felizmente resolvido pela polícia, volta a colocar na mesa a crise de segurança pela qual passa uma das principais cidades turísticas do mundo. Por ser a Cidade Maravilhosa, objeto de desejo dos estrangeiros pela suas belezas naturais e sua capacidade de receber turistas de braços abertos, qualquer ato de violência nas suas ruas repercute mundialmente. Ainda mais às vésperas da Copa do Mundo, cuja final será realizada aqui, e dentro de alguns anos, dos Jogos Olímpicos.

Justamente às vésperas desses dois acontecimentos globais, os atos de criminalidade, como homicídios, roubos, sequestros e assaltos, estão aumentando. Quase dobraram nos últimos tempos. Você tem que se perguntar se todos esses eventos, que questionam até mesmo o importante trabalho de pacificação das favelas, não são o reflexo de outra crise, que há mais de um ano chicoteia a segunda cidade mais importante do país, depois de São Paulo.

A capital fluminense está sofrendo, como as manifestações de junho de 2013 deixaram claro, um momento de grave instabilidade política, que chegou ao governador do estado, Sérgio Cabral, acusado de conivência com setores corruptos, o que criou um terremoto entre a classe governista.  A poucos meses das eleições, o Rio vive uma grande incerteza política que repercute nacionalmente e que não deixará de ter consequências no futuro da cidade e do estado.

Essa incerteza, com sua triste porção de erros e jogos baixos para ganhar votos, está criando um vácuo de governabilidade. Essa lacuna pode continuar deteriorando a já esmagadora insegurança da cidade, e a responsabilidade cairá, inexoravelmente, sobre aqueles que deveriam assegurar a tranquilidade e a vida dos cidadãos.

Sem uma resposta política rápida e sensata, o Rio poderia entrar em uma crise ainda maior que nem os cariocas, nem qualquer um, dentro ou fora do Brasil, que ama essa cidade, perdoariam. Neste momento, o mínimo que se pode dizer é "Pobre Rio!", uma cidade na qual cariocas e não cariocas se sentem felizes no espaço abençoado pelo mítico Cristo Redentor e com uma vocação especial para a festa.

Que não a atormentem mais por causa de interesses obscuros, baixos e políticos.

 Fonte: El País


Um comentário:

Anônimo disse...

Essas pessoas que participaram das manifestações não tiveram um pingo de respeito pelo próximo, e depois ainda querem colocar a culpa no governo?

Pesquisa personalizada