Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

domingo, 15 de junho de 2014

Era para ser a apoteose do PT. O que falhou? Por três vezes, a multidão gritou gol, por quatro vezes mandou Dilma Rousseff tomar no c...

Dilma no banco


A imagem dela no telão bastou para detonar o coro ofensivo.                                Era para ser a apoteose do PT. O que falhou? 

Por três vezes, a multidão gritou gol, por quatro vezes mandou Dilma Rousseff tomar no c... Caía por terra o esquema oficial para blindá-la. De pouco adiantou entrar no Itaquerão quase clandestina. Dilma chegou em comboio por uma garagem. Subiu em elevador privativo. De nada adiantou evitar pronunciamento e quebrar a tradição de Copas do Mundo. Não se anunciou sua presença. Seu nome não foi citado. A imagem de Dilma no telão bastou para detonar o coro ofensivo. Pior que as vaias do ano passado. O que sentiu a herdeira do ausente Lula? Em seus sonhos, a estreia da Copa no Brasil seria sua consagração e do Partido dos Trabalhadores (PT). O que deu errado?

O primeiro gol contra não foi do Marcelo. Foi do técnico Lula. Há quatro anos, ele convocou como artilheira seu poste querido, inexperiente no gramado político, sem talento para driblar adversidades, sem criatividade para virar um placar, sem carisma para liderar companheiros, sem visão de jogo para lançamentos longos, sem precisão nos cruzamentos, sem vocação para trabalho de equipe. Uma capitã sem a generosidade do passe, sem a humildade da autocrítica, sem o brilho que encanta, sem sorriso, sem suor, sem humor. Dilma foi imposta por Lula até a aliados relutantes.

E, agora, o ex-presidente, corintiano roxo, que pontuou seus dois mandatos com metáforas futebolísticas, se viu coagido a  não aparecer no Itaquerão em dia de gala. Ele, que articulou a construção do estádio para sediar a abertura do Mundial, viu o jogo no seu apartamento em São Bernardo, no ABC paulista. Medo de levar rebarba?

O insulto a Dilma foi vergonhoso [vergonhoso, merecido e necessário - assim, talvez ela peça para sair; mas, não pedindo será escarrada.] mais prejudicial a sua imagem que qualquer manifestação de black blocs ou grevistas do lado de fora. Por ser chulo, o coro também revelou a falta de compostura que acomete o Brasil. Evito cascas de banana sexistas, do tipo “não se faz isso com uma presidente mulher”. Se o presidente fosse homem, sentiria vergonha do mesmo jeito. Sabemos que o estádio é uma arena que convive com palavrões e xingamentos em todos os idiomas. Mesmo assim, gritar “ê, Dilma, vai tomar no c...” depõe contra os torcedores.

Quem mandou não investir direito em educação? [Dilma, Lula, entendam que enquanto vocês se escondem para não serem vaiados, o presidente general EMÍLIO GARRASTAZUL MÉDICI era aplaudido de forma efusiva, intensa e espontânea quando comparecia do Maracanã - era aplaudido por mais de CEM MIL BRASILEIROS, já que naquela época os estádios não eram padrão Fifa - agressão a nossa soberania - nem padrão Brasil - elogio à incomPeTência, ao atraso e à ineficiência, eram apenas PADRÃO POVÃO.] Presidentes eleitos democraticamente já levaram ovo, tomate, já foram fisicamente agredidos em eventos de rua. Mas uma estreia de Copa tem rituais que devem ser observados. Uma vaia a Dilma teria sido mais elegante e mais eficaz.

Esse roteiro vulgar não foi obra e destempero apenas da torcida. Lulices e dilmadas contribuíram, na última década, para desiludir muitos eleitores que confiavam cegamente na seleção do PT. Dilma não foi a melhor escolha de Lula. Fominha – segundo a base aliada –, a capitã do time está em queda e cada vez mais isolada. A divisão do PMDB – time mais oportunista de todos, sempre! – acentua a rejeição ao estilo Dilma. Até Lula critica sua política econômica e sua comunicação, ao dizer que ela precisava ter sido mais “convincente” ao divulgar a Copa no Brasil. De que adianta ser “convincente”, se pouco mais da metade do que o Brasil prometeu fazer para a Copa ficou pronto?

Dois dias antes da abertura, Dilma disse, em cadeia de rádio e TV, que “os pessimistas já entraram perdendo”. Celebrou os estádios “prontos” e “a determinação do povo brasileiro”. Falou uma verdade: “A Seleção está acima de governos, partidos e interesses de qualquer grupo”. [A Seleção Brasileira, aquela que tanto orgulho nos propiciou em 58, 62 e 70, a seleção de um Pelé, Rivelino, Jairzinho 'peito de aço', Gilmar e tantos outros esteve, está e sempre vai estará acima de qualquer governo, partidos e interesses, especialmente os da corja lulista/dilmista/petista; mas, o timeco que a sucedeu, formado em sua maioria por jogadores que se vendem à melhor oferta, nunca, jamais vai estar em condições de representar a nossa Pátria, Brasil.] Vangloriou-se de exageros. Afirmou que, em uma década, 36 milhões de brasileiros foram retirados da miséria. O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), ligado ao governo federal, revelou que 8,4 milhões de pessoas deixaram de viver na miséria, de 2002 a 2012.

O brasileiro parou de acreditar nos índices oficiais de inflação, parou de confiar nas promessas. O pessimismo com a economia é recorde. A maioria acha que o Mundial traz mais prejuízo do que benefícios ao país. O brasileiro começa a recusar clichês. Mulata, índio, improviso, jeitinho, caipirinha, samba, nada é vacina contra o desencanto. Nem os quadris opulentos de Claudinha Leite e J-Lo compensavam o artificialismo do som em playback, na abertura da Copa das Copas.

A nova pátria rejeita patriotadas e dá seu recado aos governantes: o futebol deixou de ser o ópio do povo. Uma fatia expressiva de brasileiros não confunde mais gol e voto. Temos um país mais maduro, que separa chuteiras de bandeiras, é capaz de cantar o hino a capela, torcer pelo Brasil e – por isso mesmo – protestar por direitos básicos. Saúde e educação, segurança, transporte, saneamento, fim da corrupção e bom uso de gastos públicos. Para quem dizia #naovaitercopa, o melhor foi perceber que #vaitercopa e #vaitereleicao, tudo junto. 

Que  ganhem os melhores, sem apitaço, sem roubo, sem favorecimento e sem violência. [Ruth, com esta frase de fechamento ao teu excelente artigo você expressou as condições necessárias a uma Seleção para ser CAMPEÃ DO MUNDO;
ao mesmo tempo, excluiu o time que chamam de seleção brasileira.]

Fonte: Ruth de Aquino - Revista Época


 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada