Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Governador Alckmin, não exagere na ajuda à Dilma - o senhor com a imposição de sua vontade em eleições passadas já facilitou as eleições do Lula e da Dilma

Alckmin tem lista pronta com mais 300 demissões no Metrô


Apesar de ameaça de greve, governador assegurou que São Paulo terá transporte na abertura da Copa

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assegurou nesta terça-feira, 10, que a cidade de São Paulo terá metrô nesta quarta-feira, 12, na abertura da Copa do Mundo, apesar da ameaça de os metroviários retomarem a paralisação das linhas, em assembleia à noite, por causa da demissão confirmada de 42 funcionários. "Nós teremos tanto o Metrô quanto a CPTM (os trens)", ressaltou. "É difícil, aliás, você ter um estádio (como o Itaquerão) que tenha, na porta, uma linha de metrô, a 3 (Vermelha) e uma linha de trem, que é a linha 11 da CPTM." Caso haja problemas, o governo já preparou uma lista - que teria até 300 funcionários que participaram da greve e podem também ser demitidos. [o governo do Estado de São Paulo não pode considerar servidores grevistas que participaram de uma greve considerada abusiva com servidores baderneiros que devem ser punidos com todo o rigor da lei.]

A ameaça é vista por integrantes do Sindicato dos Metroviários como um plano de contenção de uma nova greve. A lista até já teria sido apresentada a líderes sindicais. Atualmente, o Metrô tem um quadro com 9,5 mil funcionários - 7,5 mil são operadores, supervisores, pessoal ligado à manutenção e condutores. Dessa forma, o governo não teme falta de pessoas capazes de conduzir os trens, mesmo se tiver de demitir 300 funcionários.
Alckmin voltou a ressaltar nesta terça que as demissões não serão revistas - 42 metroviários foram mandados embora por justa causa. O argumento usado pelo governo foi de que cometeram "abusos" durante os protestos. "Nenhum grevista foi demitido. As demissões ocorridas foram em razão de outros fatos graves, como invasão de estação, depredação, vandalismo", disse o governador, após discursar na abertura do Fórum Empresarial América Latina Global, no Auditório Ibirapuera.
O governador ainda considera que a discussão trabalhista com os metroviários se encerrou com o dissídio e não haverá novas negociações. "Ficou muito superior à inflação (o reajuste salarial), com ganhos reais que dificilmente uma categoria teve." E ressaltou que "o governo do Estado tem o dever de garantir a 5 milhões de pessoas que querem trabalhar e precisam do metrô". [Alckmin parece mais preocupado em facilitar a vida da Dilma - algo inaceitável, o que é um verdadeiro crime de lesa Pátria do que administrar São Paulo, facilitar o acesso ao Itaquerão parece ser prioridade máxima quando o melhor para Dilma seria exatamente o contrário.]
Além disso, o governador também tem lembrado que a greve foi considerada "ilegal" e "abusiva" pela Justiça no domingo e "decisão judicial se cumpre". "Espero que (o metrô) não pare (amanhã). Não tem nenhum sentido. Seria um enorme oportunismo, exatamente no dia da abertura da Copa, fazer greve", disse.
Para ele, também só ocorrerá conflito perto das linhas - a exemplo do que aconteceu na segunda-feira na Estação Ana Rosa, quando a Tropa de Choque confrontou grevistas na Rua Vergueiro - caso "haja um grupo querendo fazer bagunça pela bagunça, caos pelo caos". O governador afirmou também que não considera que protestos possam atrapalhar o Mundial. "Nós vamos ter uma bela festa. O mundo inteiro está acompanhando, vamos torcer pelo Brasil", afirmou. [governador cada item bem sucedido na Copa 2014 representará pontos para Dilma e a corja petista - felizmente, tem algo que está fora do alcance do senhor e dos seus 'aliados', a corja petista: o time de futebol do Brasil, conhecido também por seleção brasileira de futebol' não ganha a Copa Fifa 2014.]
Metroviários
Em clima de indignação, o Sindicato dos Metroviários aposta ainda na possibilidade de uma audiência de conciliação nesta quarta-feira, 11, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A expectativa é que a Justiça solicite ao governo Geraldo Alckmin o cancelamento das demissões. Mas o TRT não havia recebido nenhum pedido formal de audiência até o início da noite de terça. O sindicato acusa o governo paulista de reagir de forma intransigente e truculenta, destacando o desmonte do piquete na Estação Ana Rosa. O presidente da entidade, Altino de Melo Prazeres, afirmou ainda que os demitidos foram escolhidos como parte de uma "retaliação política" de Alckmin, pois todos têm participação ativa nas ações sindicais. Ele falou que a estratégia é para intimidar a classe trabalhadora. "A categoria está indignada com as demissões, existe uma revolta com a atitude do governador", afirmou Prazeres. Ele ressaltou ainda ter o apoio de várias centrais sindicais, incluindo Força Sindical, Conlutas, União Geral dos Trabalhadores (UGE), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Confederação dos Trabalhadores do Brasil (CTB).
Prazeres afirmou ainda que recebeu ontem a ligação do presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Barros Levenhagen, que se mostrou "sensível" à situação dos metroviários. O presidente da entidade também esclareceu que recorrerá das multas impostas pelo TRT à entidade e ao sindicato dos engenheiros do Metrô pelos cinco dias de paralisação, que somariam R$ 900 mil. "É uma multa para fazer o sindicato falir, porque não temos tantas fontes de recursos para pagá-la, já que devolvemos a nossa parte do imposto sindical para os trabalhadores."
Na terça, o TRT chegou a pedir o bloqueio das contas bancárias do sindicato. O motivo seria garantir o pagamento das multas.
 Fonte: Agência Estado

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada