Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Integrantes do MPL negociaram ação de depredação de black blocs

Enquanto alguns manifestantes tentavam conter violência, outros foram vistos liberando quebra-quebra ‘no final’ 
No protesto que terminou com a depredação de agências bancárias e de uma concessionária de carros de luxo, integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) passaram todo o ato negociando a forma de atuação dos chamados black blocs. Embora alguns tenham tentado conter os vândalos durante a manifestação, O GLOBO flagrou alguns jovens do movimento que ganhou popularidade ao pedir a redução da tarifa do transporte público de São Paulo garantindo aos black blocs que poderiam partir para o quebra-quebra no final do protesto, já na Marginal Pinheiros. 
 Manifestação contra a copa do mundo em São Paulo, na última quinta-feira: MPL teria negociado atuação dos black blocs. - Marcos Alves/19-06-2014 / Agência O Globo

Adeptos da tática black bloc se misturaram aos manifestantes do MPL no meio da tarde de quinta-feira, na Avenida Paulista. Alguns diziam estar ali para fazer a segurança da manifestação e protestar com violência. Quando a marcha começou, os mascarados tomaram a frente da passeata. Com escudos improvisados (em que se lia a palavra “Nhoque”, uma sátira ao “Choque” da PM) e pedaços de pau, eles abriram caminho pelas ruas da capital. Uma integrante do MPL pediu para que os black blocs prestassem atenção a possíveis policiais infiltrados (chamados de “P2” ou “vermes”) que estariam ali para prender integrantes do movimento. 

Quando dois black blocs quebraram os vidros de um carro de reportagem, foram contidos. Membros do MPL disseram: “ainda não, só no final, na Marginal”. A mesma frase foi repetida quando eles depredaram agências bancárias. Ao chegarem à Marginal Pinheiros, os black blocs ocuparam a via expressa e queimaram pneus, enquanto o MPL se concentrava na pista local para gritar palavras de ordem e tocar música. Mais tarde, os mascarados levantaram uma barricada na pista local. Nesse momento, um integrante do movimento foi autorizado a furar o cerco e sair com o carro que dava apoio ao MPL. 

Um black bloc orientava os demais aos gritos: “Não faz nada que esse é nosso. É nosso”. Era o salvo-conduto para que o MPL deixasse o local, e a destruição começasse. Em meio à confusão, alguns black blocs reclamaram: “O MPL diz que é pacífico. A gente fica para tomar porrada e segurar a polícia, e eles correm”.  O MPL nega qualquer acordo: — Em vários momentos, a gente falou para eles que o nosso objetivo era terminar o ato como planejado. Tinha pessoas adeptas à tática dos blocs, mas não necessariamente legitimamos as ações deles. Não podemos controlar. — afirmou Lucas Oliveira, membro do movimento.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada