Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 3 de junho de 2014

MALABARISMO EXECRÁVEL


Como brasileiro e como militar, não aceito tentarem encurralar as Forças Armadas
A propósito do editorial de 27 de março de 2014, do jornal ZH, gostaria de contrapor alguns aspectos.
Preciso me identificar: sou coronel da reserva do Exército brasileiro e nas últimas eleições municipais de Porto Alegre concorri a vice-prefeito na coligação PSDB-PRP. Estou desfiliado atualmente.  A ver. Não discordo de nenhuma linha do que foi publicado, mas não me conformo com o que não foi dito. Faltou o contraponto para contextualizar os fatos em nome do bom jornalismo; como está, as conclusões do editorial me soaram capengas, canhestras, tendendo à leviandade.

Creio que haja fatos e circunstâncias históricas que não podem ser esquecidos nessa análise: a esquerda marxista queria implantar um regime socialista/comunista no Brasil, desde 1935; boa parte dessa esquerda elegeu a guerra revolucionária, e não a política, para atingir seus fins.

Finalmente, a partir de 1964, conseguiu o grande mote para justificar a luta armada e motivar os brasileiros para a luta de classes: o combate à “ditadura”. Para isso, desenvolveu ações violentas, terrorismo mesmo, como guerrilhas, assaltos, sequestros, justiçamentos, execuções de inocentes, brasileiros e estrangeiros condenados por seus tribunais revolucionários (sim, havia julgamentos), atentados, e por aí vai.

“Tudo isso não justifica as violências praticadas pelos militares nos ‘porões da ditadura’”! Claro que não, mas a realidade nem sempre segue modelos ou teorias: se as forças de segurança tivessem tido conhecimento prévio do atentado ao QG do II Exército em São Paulo, em 68, o soldado Mário Kosel Filho não teria sido despedaçado na explosão de um carro-bomba, ação perpetrada pelo grupo terrorista do qual fazia parte a nossa presidente Dilma. Pergunte aos pais do soldado, que ainda estão vivos, o que eles pensam a respeito. Em episódio da Guerrilha do Araguaia, o jovem João Pereira foi esquartejado vivo, na frente dos pais, pelo grupo armado do José Genoino, porque teria colaborado com os militares. Há que se pensar no que aconteceu quando esses militares encontraram o grupo guerrilheiro na selva, apesar de o tal Genoino ser hoje deputado federal cassado e estar bem vivo, mesmo que condenado pelo STF por malfeitos com o dinheiro público.

Como no editorial citado, hoje não se fala sobre a atuação da esquerda revolucionária no Brasil. Toda a ação violenta é atribuída aos militares, num malabarismo retórico execrável.  Como brasileiro e como militar, não aceito tentarem encurralar as Forças Armadas como se elas fossem um ente usurpador da pátria. Em 35, em 64 e em 1970, os militares combateram um inimigo interno, e não brasileiros que queriam melhorar a nossa democracia. Os modelos desses inimigos eram URSS, China e Cuba, todos países socialistas/comunistas de partido único. Foi uma guerra suja, entre brasileiros, que manchou nossas mãos de sangue, mas não só as nossas.

Na minha concepção, as FFAA brasileiras venceram o cruento embate para o bem do Brasil. Juro que não queria e não quero ver meus descendentes vivendo sob o tacão de um facínora tipo Fidel Castro, há mais de 50 anos no poder em Cuba e que destruiu as esperanças daquele povo. Mas, a considerar o Foro de São Paulo, os modelos e os objetivos continuam os mesmos para os marxistas brasileiros. Assim, enquanto a imprensa brasileira não condenar esses regimes, que patrocinaram os maiores genocídios do mundo, onde o que aconteceu no Brasil não serve nem de prólogo para as ações que eles desenvolveram para conquistar e manter o poder, não consigo, como cidadão, atribuir legitimidade às críticas ferozes exaladas para os “excessos” praticados nos porões do regime militar brasileiro do período 64/84.

Sob pena de o Brasil incorrer no mesmo erro do passado, os fatos que embasam a sua história devem ser corretamente delineados, principalmente por um veículo de informação tão expressivo como o jornal ZH, para evitar a repetição no futuro.

Por: Marco Dangui Pinheiro - Coronel da Reserva - Zero Hora - 29/03/2014


Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada