Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

terça-feira, 24 de junho de 2014

Manual da FGV - Direito - edita Manual de Proteção a Manifestantes que entre outras técnicas orienta manifestante a se disfarçar em protesto



Artigo 19, parceiro da faculdade no projeto, diz que medida evita ‘deturpação de imagens’
FGV Direito Rio - Lança manual de proteção a manifestantes
Documento recomenda disfarce com uso de máscaras e de maquiagem
Um manual de proteção para manifestantes foi lançado ontem, na internet, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) Direito Rio e pelo Artigo 19, entidade de liberdade de expressão, orientando as pessoas a se disfarçarem durante os protestos pelo país. O guia sugere que os manifestantes usem maquiagem e até mesmo máscaras para participar das atividades
 Trecho do guia Protestos.org, lançado pela FGV Direito em parceria com o Artigo 19 - Reprodução de internet

Segundo a coordenadora do Artigo 19, a advogada Paula Martins, a sugestão foi feita porque manifestantes que não participam de atos violentos estariam sendo acusados de vandalismo, quando identificados em fotos e vídeos. - “Use máscaras, se isso não for ilegal em sua cidade. Óculos, perucas e maquiagens malucas também podem dificultar a identificação de seu rosto. E tenha cuidado ao exibir tatuagens!” diz o texto do manual, que orienta: “Disfarce-se: estão de olho em você! Há câmeras por todos os lados. Proteja-se do reconhecimento de rostos em imagens gravadas durante os protestos. Uma boa maquiagem pode confundir a distância entre os olhos e atenuar traços característicos. Grandes óculos de sol e adereços que cobrem o rosto também são bons aliados. Seja criativo!”

Temos relatos de pessoas que estavam numa manifestação em que outras cometeram atos de depredação do patrimônio alheio. As imagens foram deturpadas, e quem não estava envolvido na depredação foi acusado, sem ser ouvido. O manual alerta que as imagens têm sido tiradas de contexto, para serem usadas contra os manifestantes. A gente não tem promovido a violência, e espero que isso seja esclarecido - disse Paula.

No site "Protestos.org", há outras orientações, como dicas de proteção a dados pessoais na internet e sobre os limites legais da polícia ao abordar e revistar os manifestantes.
O texto orienta também o manifestante a proteger os rostos da multidão para que os demais não sejam identificados sem que tenham autorizado. O guia afirma que o manifestante deve planejar o protesto com cautela, atentando também para a dispersão ao fim das manifestações.
“Em tese, a polícia só poderia te deter brevemente para averiguação, ou seja, para verificar se você está carregando bombas, armas, drogas, etc. Mas ela não poderia te colocar em um camburão e te levar para a delegacia. Este é um caso de abuso de autoridade e deve ser denunciado. Saiba que ninguém pode te obrigar a desbloquear o celular ou a dar qualquer conteúdo sem uma ordem judicial. Ao abordá-lo, o policial deve se identificar. Ele também deve ter em sua farda seu nome, graduação e lotação. Se ele não tiver, você tem o direito de pedir essas informações”, informa o manual, que complementa: “Você tem direito a saber por que está sendo detido ou abordado. Não argumente com a PM, o trabalho deles é apenas conduzi-lo até a delegacia (Polícia Civil). Se você estiver sendo preso arbitrariamente, isso será discutido depois. Não xingue os policiais e não reaja. Você tem direito a ter acesso a um advogado ou defensor público antes de prestar qualquer depoimento. Tem também o direito de permanecer calado. Na delegacia, responda apenas às perguntas sobre seus dados pessoais”.

O site é uma plataforma criada pelo Artigo 19 e pelo Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS) da FGV Direito Rio, para tratar de violações de direitos de liberdade de expressão. A plataforma traz uma seção de denúncias e relatos de casos e outros guias, como o que orienta o manifestante na hora de filmar a violência policial durante os protestos.

Em nota à imprensa, o vice-presidente da FGV, Sergio Quintella, disse que a instituição não referenda como suas as informações contidas no manual da FGV Direito Rio. Em Minas, o uso de máscaras em manifestação foi restringido por meio de projeto de lei aprovado em segundo turno pela Assembleia Legislativa, segunda-feira. Em primeiro turno, os deputados aprovaram emenda que determina aplicação somente no caso de "fundado receio de uso da camuflagem objetivando a prática de depredações ou outros tipos de crime, a juízo da autoridade competente".
 
Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada