Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 19 de julho de 2014

Ataque criminoso = covardia total = exército de Israel mata 333 civis palestinos, muitos deles crianças, incluindo um bebê com quatro meses

Número de mortos em Gaza passa de 300, e pressão para cessar-fogo aumenta


Recusa do Hamas em aceitar trégua deixa o grupo isolado; Ban ki-moon visita Israel neste sábado

Com a ofensiva terrestre de Israel na Faixa de Gaza, o número de palestinos mortos no conflito passou de 300, muitos deles crianças. A escalada da violência na região e a recusa do Hamas em aceitar um cessar-fogo deixaram o grupo militante islâmico isolado. Neste sábado, o secretário-geral da ONU, Ban ki-moon, tem previsto uma visita a Israel, aumentando a pressão da comunidade internacional por uma trégua.

Em Gaza, ao menos 37 palestinos, incluindo três crianças, morreram neste sábado nos ataques israelenses, elevando a 333 o número de mortos palestinos nos 12 dias de ofensiva, segundo os serviços de emergência. Do lado de Israel, na madrugada de sábado, quatro soldados ficaram feridos em um tiroteio com palestinos armados no norte da Faixa de Gaza e um soldado de 20 anos, identificado como Eitan Barak, foi morto. Desde o início da ofensiva terrestre de Israel, na quinta-feira, cem palestinos foram mortos, segundo o jornal israelense “Haaretz”.
 Durante a noite, as tropas israelenses mantiveram as posições que haviam ocupado na sexta-feira. Ao sul da Faixa de Gaza, perto da cidade de Khan Yunis, soldados e tanques invadiram o território palestino mais de um quilômetro.Com o aumento dos esforços diplomáticos no Cairo e na ONU, o Hamas se isola na recusa em negociar uma trégua. O grupo exige a libertação de prisioneiros e o fim do bloqueio a Gaza por Israel e Egito. A pedido da Jordânia, o Conselho de Segurança da ONU realizou uma reunião de emergência na sexta-feira, quando anunciou a visita de Ban Ki-moon ao Oriente Médio, para ajudar a mediar o conflito.

Na quinta-feira, o secretário-geral da ONU havia criticado Israel por ignorar os apelos humanitários: Eu lamento que, apesar de meus apelos repetidos, e as de muitos líderes regionais e mundiais em conjunto, um conflito já perigoso tenha aumentado ainda mais.

Com a intensificação dos bombardeios, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu que seus militares estavam prontos para umaexpansão significativa” da operação terrestre e ordenou que os soldados destruam os túneis construídos pelo Hamas na fronteira com Israel. — A operação (terrestre, que teve início na quinta-feira) veio depois que Israel concordou com a proposta de cessar-fogo do Egito e da ONU para uma trégua humanitária — afirmou Netanyahu a seu gabinete de segurança. - 
Em ambos os casos, o Hamas continuou a disparar. Optamos por iniciar esta operação depois de termos esgotado as outras possibilidades. De acordo com informações divulgadas pelas Forças de Defesa de Israel, as tropas israelenses haviam localizado 13 túneis em Gaza na sexta-feira. Enquanto ONU e Egito tentam negociar um cessar-fogo, extremistas israelenses pediram mais força na ofensiva terrestre para esmagar o Hamas e retomar o controle de Gaza.

ESTADOS UNIDOS CONDENAM ESCALADA DE VIOLÊNCIA





Em uma conversa com o primeiro-ministro israelense, o presidente americano, Barack Obama, ressaltou o apoio dos Estados Unidos ao direito de Israel à autodefesa, mas condenou a escalada da violência em Gaza. Nas últimas 24 horas, Israel atingiu mais de 140 alvos.

Em Gaza, a equipe médica se assustou com o número de feridos levado para o hospital nas primeiras horas após a escalada da campanha militar de Israel, segundo o “Guardian”. A eletricidade foi cortada para a maioria da população. A ONU informou que o número de pessoas que procuraram refúgio dos combates em 34 abrigos quase dobrou, chegando a 40 mil desde o início da invasão terrestre.

Os ministros das Relações Exteriores da França e da Itália se dirigiram ao Cairo, centro das negociações, para pressionar o Egito a agir. Na sexta-feira, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, rival do Hamas, tentou negociar com representantes do Hamas e da Jihad Islâmica Palestina, outro grupo com sede em Gaza, mas não obteve sucesso em conseguir uma trégua. No mesmo dia, Abbas viajou para a Turquia para pedir ajuda ao primeiro-ministro, Recep Erdogan. — Eu espero que haja um acordo. Talvez a Turquia e o Qatar (outro aliado do Hamas) possam fazer algo — disse Gamal Shobky, o enviado de Abbas ao Cairo. — Precisamos de ajuda rapidamente para parar o derramamento de sangue palestino.

O Egito disse que acolherá os líderes de todas as partes interessadas em iniciar negociações formais sobre Gaza. A Liga Árabe apoiou a declaração egípcia, enquanto o ministro das Relações Exteriores do país emitiu uma dura crítica ao Hamas. Em declaração à agência de notícias estatal do Egito, Sameh Shoukry pressionou o grupo extremista islâmico. — Se o Hamas aceitasse a proposta egípcia, poderia salvar a vida de pelo menos 40 palestinos.


Fonte: O Globo


Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada