Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Barbárie de Israel contra os palestinos move um círculo vicioso que só será rompido quando o Estado judeu reconhecer os palestinos como seres humanos

É necessário romper círculo vicioso da barbárie

Israel e Hamas precisam aceitar um cessar-fogo para que os dois lados chorem seus mortos e os líderes troquem o ódio mútuo por um acordo de convivência

As areias se movem celeremente no Oriente Médio. Assiste-se à degradação de três países: Síria, Iraque e Líbia. No primeiro, uma guerra civil já dura três anos e quatro meses, com 115 mil a 170 mil mortos, entre forças do governo, rebeldes, manifestantes e civis. O último ato foi a reeleição do ditador Bashar Assad para sete anos de mandato, o que implica a continuação do conflito. No Iraque, o acirramento da luta entre xiitas e sunitas ameaça desmembrar a nação. O último ato foi o rechaço do premier xiita Nuri al-Maliki a um apelo direto do Irã para que deixasse o cargo. Em pedaços de Síria e Iraque, o grupo sunita radical Isis estabeleceu o que chama de um Califado Islâmico. O quadro é grave.

Desde a derrubada e morte de Muamar Kadafi na Líbia, o novo governo não consegue tomar pé e o país se tornou presa de diferentes grupos armados, que lutam até pelo aeroporto de Trípoli. A única coisa que não se pode se considerar novidade na região é a que mais aterroriza hoje o mundo: a guerra entre Israel e a organização palestina radical Hamas, que até há pouco governava sozinha a Faixa de Gaza, onde vivem, nas piores condições, 1,7 milhão de palestinos. Recentemente, o Hamas se reconciliou com a OLP, de Mahmoud Abbas. 

É o terceiro grande confronto. O de 2008/2009 causou a morte de nada menos de 1.400 palestinos e de 13 israelenses (três civis), com mais de 5 mil feridos. Houve um cessar-fogo em 17 de janeiro de 2009. O segundo durou uma semana, de 14 a 21 de novembro de 2012, e registrou 158 palestinos (152 civis) e seis israelenses (quatro civis) mortos. O atual dura 17 dias, com o número de mortos do lado palestino próximo dos 800 (75% civis), contra 32 israelenses. O conflito se mostrou, até agora, imune a todo o esforço diplomático em busca de um cessar-fogo. Israel exige que os ataques parem para negociar (o Hamas disparou contra o país 2 mil foguetes). A organização palestina condiciona qualquer acordo à suspensão do bloqueio a Gaza. 

Israel enfrenta agora um inimigo mais bem armado, adestrado em táticas de guerrilha e operações de comando, o que elevou o número de baixas do Estado judeu. Um foguete do Hamas caiu próximo ao aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv, infligindo uma derrota a Israel: a suspensão dos voos ao país de empresas aéreas americanas e europeias (as primeiras restabeleceram ontem o serviço). Israel atingiu uma escola da ONU onde havia refugiados palestinos, matando 15 pessoas. A ONU iniciou uma investigação sobre possíveis crimes de guerra.

O conflito é deplorável, pois sequer se deve a desavenças sobre pontos vitais de um acordo sobre o Estado palestino. É movido pela lógica da barbárie, da ação e retaliação — círculo vicioso que é preciso romper para que haja um cessar-fogo e, depois, o reinício das negociações. A guerra, inútil e sem sentido, só interessa aos falcões, adeptos do quanto pior, melhor.

Fonte: Editorial - O Globo 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada