Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 26 de julho de 2014

Bombas israelenses também atingiram 116 escolas e 18 centros de saúde.

Reconstrução de Gaza custará no mínimo US$ 800 milhões

Quando, em 8 de julho, Israel iniciou sua ofensiva terrestre, Gaza, em termos econômicos, já era uma preocupação. Sofria com altos índices de desemprego e pobreza causados em parte pelas proibições de importar materiais de construção, agrícolas ou industriais. Agora, com pelo menos 2.655 casas totalmente destruídas e outras 3.175 parcialmente danificadas, os custos de reconstrução já chegam a US$ 800 milhões — o que equivale ao Orçamento anual do território. 


 Palestinos caminham em prédio destruído por bombas israelenses - Hatem Moussa / AP

Mufeed Al-Hasayna, ministro da Habitação palestino, disse que ainda não foi possível calcular os danos a edifícios públicos ou infraestrutura. Bombas israelenses também atingiram 116 escolas e 18 centros de saúde. — Nós não podemos fazer uma estimativa definitiva debaixo de fogo. Uma vez que a guerra acabar, o ministério pretende chamar todos os países do mundo para ajudar na reconstrução de Gaza — disse. — Queremos ajuda real e não palavras. Em 2009, no fim de outra guerra, doadores prometeram cerca de US$ 5 bilhões e nem um centavo chegou. 

Estradas, torres telefônicas, estações de água e esgoto também foram atingidas. A área próxima à principal usina elétrica de Gaza foi bombardeada, deixando parte dos moradores com apenas quatro horas de energia por dia. O saneamento básico e infraestrutura de água também foram afetados no conflito, deixando muitos sem água e várias ruas atoladas no esgoto, de acordo com a ONG Oxfam. 

Em troca de um cessar-fogo, o Hamas exige que Israel e o Egito abram as fronteiras para acabar com as restrições à circulação de pessoas e bens — a questão mais imediata para os moradores. O cenário, somado à falta de materiais para a reconstrução, agravam a situação de cerca de 90 mil pessoas que deixaram suas casas.É difícil de sustentar um financiamento de emergência durante tanto tempo. Somos vítimas da competição, e, francamente, há um nível de necessidade humanitária sem precedentes na história moderna do mundo, com as situações em Mali, Filipinas, Sudão do Sul, Síria e Iraque — explica Robert Turner, da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada