Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Efeitos das gestões equivocadas de Oswaldo Aranha persistem



Chanceler de Israel esquece papel do Brasil na criação do país
Em nova demonstração de sintonia com o governo dos EUA, Dilma mudou o tom sobre as ações militares de Israel no espaço de uma semana
O chanceler de Israel, Avigdor Lieberman, nascido Ivet durante o verão de 1958, na antiga Moldávia comunista, é daqueles personagens que parecem não ter futuro na política. Passa a impressão de que já o gastou todo. Ele é a figura central, mas não a única, na crise diplomática aberta com o Brasil por causa da nova ofensiva sobre Gaza.

Em nova demonstração de sintonia com o governo dos EUA na política externa, o governo Dilma Rousseff mudou o tom sobre as ações militares de Israel no espaço de uma semana. Quinta-feira passada, em nota, criticou “igualmente” os bombardeios dos dois lados da fronteira. Ontem, condenou “o uso desproporcional da força, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças”, situando o caos na Palestina na categoria de crise humanitária.

O chanceler Lieberman, que controla uma dissidência do partido governista (Likud) com uma dúzia de cadeiras no Parlamento, viu na manifestação brasileira uma oportunidade para marcar posição de líder da direita em pleno esforço para derrubar o governo do premier Benjamin Netanyahu — com quem rompeu publicamente uma semana antes.

Autorizou e seu porta-voz, Yigal Palmor, não economizou fôlego, ontem, ao desqualificar o Brasil: — Essa é uma infeliz demonstração de por que o Brasil, um gigante econômico e cultural, se mantém um anão diplomático — disse Palmor a jornalistas, acrescentando: — O relativismo moral por trás desta medida transforma o Brasil num parceiro diplomático irrelevante, que cria problemas em vez de contribuir para soluções. 

O ataque, obviamente, merece resposta brasileira, calibrada para ajudar a ampliar o isolamento externo de Lieberman e seu partido, o Yisrael Beitenu, cujos votos têm origem na aliá (imigração) russa pós Guerra Fria. O chanceler israelense voltou, dessa forma, a confirmar a “lei” de Laurence J. Peter, escritor canadense, segundo a qual todo incompetente com nada para fazer pode mesmo assim produzir um estrago. [o que ocorre no Brasil desde 2003 quando o PT assumiu a presidência da República no primeiro mandato. ]

Alguém no Itamaraty poderia aproveitar a oportunidade para enviar a Lieberman um exemplar da ata da II Assembleia Geral da ONU, de 1947. Ela contém o registro da votação do Plano para a Partição da Palestina, que resultou na criação do Estado de Israel. [Osvaldo Aranha concordou em ceder as pressões dos Estados Unidos, favoráveis à criação do Estado de Israel, e efetuou gestões que permitiram a obtenção de um placar favorável.] 

Em 1978, quando Lieberman deixou a Moldávia e chegou a Tel Aviv, havia três décadas que judeus e sionistas celebravam, agradecidos, a decisão brasileira de confrontar os interesses dos governos árabes em defesa da “Eretz Yisrael” (terra de Israel). Oswaldo Aranha foi quem presidiu essa decisiva assembleia da ONU. Sem o Brasil, Lieberman provavelmente jamais teria tido a chance de mudar o nome de Ivet para Avigdor.

Fonte: Coluna do José Casado

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada