Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 25 de julho de 2014

O perdedor será sempre o POVO PALESTINO



 Assimetria bélica premia vitória militar com a derrota política de Israel

1. Estamos diante de uma guerra assimétrica perfeita, começando pelos concorrentes:
de um lado, o Exército de um Estado democrático mas militarizado, que tem as armas mais sofisticadas do mundo e conta como aliado a primeira superpotência;                                     
e do outro, um grupo terrorista, ajudado por alguns países árabes e armado, especialmente pelo Irã fundamentalista. 

2. A maior assimetria está nos efeitos sobre as populações, uma perfeitamente coberta e protegida e a outra impotente e indefesa. O saldo de destruição e morte de um lado é devastador, enquanto do outro, sob a égide da Cúpula do Aço, há poucas vítimas e destruição. A maior parte dos mortos israelenses são soldados abatidos nos ataques. 

3. A discussão sobre quem iniciou tem um interesse limitado. Convém analisar quem estava interessado na escalada, provavelmente, tanto o Hamas quanto Netanyahu, e em nenhum caso a Autoridade Palestina

4. O Hamas quer conseguir a abertura de postos fronteiriços, enquanto Netanyahu quer a neutralização e o desarmamento de Gaza. Israel e Egito não aceitarão o primeiro sem garantia do segundo. Mas, ao mesmo tempo, é impossível neutralizar militarmente a Faixa de Gaza sem uma ocupação longa e custosa que Israel não pode se permitir, como demonstram já as severas perdas na invasão terrestre. 

5. Como em toda guerra assimétrica, o lado mais fraco se sacrifica mais também dá mais valor ao pouco que consegue. Cada vez que soam as sirenes em Tel Aviv é um sucesso para o Hamas. Como é o fechamento do aeroporto de Ben Gurion. Para o lado mais forte, no entanto, qualquer perda, por menor que seja é muito mais dura e tem um significado maior. 

6. Tudo leva a um empate trágico e a uma paz precária, como sempre, que na realidade é uma renovação do status quo, o bem mais precioso tanto de Hamas quanto de Netanyahu. O perdedor é a Autoridade Palestina, cortada pelos dois extremos e sem margens ou caminho para seguir rumo ao Estado palestino. 

7. Esta não é uma guerra encapsulada. Move o conflito do Oriente Médio ao interior sociedades como as europeias, onde há uma população imigrante com fortes afinidades em relação aos palestinos. 

8. Também estimula na Europa os piores reflexos antissemitas, algo que se acomoda a um relato sobre a fragilidade de Israel, que produz excelentes rendimentos para o seu governo.

9. A assimetria entre o poder militar e diplomático de Israel e a extrema fraqueza dos palestinos está produzindo efeitos de saturação. Evidenciados pelo duplo registro usado pelo Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, ao ironizar em particular a natureza cirúrgica do ataque da operação israelense e defender publicamente o direito de Israel de se defender sem levar em conta os limites e a proporcionalidade dos meios utilizados.

10. As guerras assimétricas tendem a premiar a vitória militar com a derrota política.

Fonte:  El País 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada