Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Sempre pode piorar



A imagem da Copa 2014  que ficou não foi o “sucesso” do evento fora dos gramados nem o vexame dos 7 a 1 diante dos alemães.  Foi a sensação de que sempre tudo pode piorar. Uma manchete de jornal, no período, resumiu esse sentimento ao estampar em letras garrafais: “Descanse em paz, Barbosa”, referindo-se ao execrado goleiro brasileiro pela derrota diante dos  uruguaios, lá na Copa de 1950, quando perdemos, é bom citar, por 2 a 1, jogo duro e tal.

Já diante dos midiáticos alemães, que se enturmaram com índios nas praias da Bahia, sacaram a camisa do Flamengo  e acabaram por ajudar a  exorcizar a crença de que colar indígena dá azar,  a melhor observação foi a de que aquilo, sim, era o verdadeiro inferno de Dante, agora referindo-se ao atônito zagueiro brasileiro daquela partida.   Pior ficou quando Felipão foi se justificar. Em vez de um pedido de desculpas envergonhado, a velha soberba. Mas não para por aí: volta de Dunga ao comando da Seleção pode ser mais uma da série “pior fica”.

Ou seja, aquela expectativa de se tirar boas lições de uma derrota, do aprender a levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, ainda não surgiu claramente no horizonte dos novos dias.  Agora são as eleições, Dilma e Lula dão cabeçadas, Aécio sobe e Campos patina. No cenário estadual, pior fica para o PT, isolado, com apoio  apenas parcial do PDT, o famoso apoio meia boca. Boca inteira, e pé frio, só Mick Jagger, o astro do pop que veio dar banda na Copa. 

E a tal unidade de lideranças, construída  regionalmente em 2002, 2003, em nome de tirar o Estado do sufoco financeiro e crime organizado, deteriorou. O condomínio do governador Casagrande (PSB) perdeu inquilinos, Paulo Hartung (PMDB)  saiu dali e  entra novamente em cena aclamado por aliados entoando: “O campeão voltou”.  Há quem veja nesse cenário  de disputa eleitoral  o “pior dos mundos”, seria mais fácil para maioria das lideranças um acordo, com  menos atritos, desgastes e  gastos. 

Mas, tipo assim uma Copa do Mundo, uma eleição também  pode ser decidida por fator extracampo, e motivações diversas. Há certas decisões que só ocorrem no último minuto da prorrogação.  A diferença é que ali, na boca da urna, não tem decisão por pênalti, embora ainda existam tentativas de mudar o resultado no tapetão.

A questão agora é saber qual é a motivação do eleitorado, após o resultado da Copa, e se a Copa, como evento,  vai trazer algum reflexo construtivo, se os ânimos  melhoram ou pioram. Poucos repararam que durante os jogos, naquela expectativa, pessoas apressadas fazendo preparativos e arriscando palpites no bolão da turma, houve uma sensação inigualável de segurança pública.  Teria sido apenas a omissão do noticiário, que estava dando tratos à bola, ou o aparato de segurança ajudou a minimizar ocorrências, aqui, ali, acolá?

O certo é que, passada a anestesia do período Copa, aos poucos voltamos às velhas dores e delícias do nosso cotidiano. O mundo não é tão inteiramente ruim quanto apontam estatísticas ou a mídia, que vive de explorar a agonia e êxtase da perspectiva de fracasso e sucesso, renascimento, vida e morte. Só que agora mesmo, está no ar, guerra entre judeus e palestinos, matando inocentes, crianças, mulheres e idosos na faixa de Gaza, sinalizando que até em conflito milenar,  a coisa sempre pode... piorar.

Fonte: Luiz Trevisan, jornalista  - Agência Congresso

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada