Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

Blog Prontidão Total

Blog Prontidão Total

Este espaço é primeiramente dedicado a DEUS, a PÁTRIA, a FAMÍLIA e a LIBERDADE.

Vamos contar VERDADES e impedir que a esquerda, pela repetição exaustiva de uma mentira, transforme mentiras em VERDADES.

Escrevemos para dois leitores: “Ninguém” e “Todo Mundo” * BRASIL Acima de todos! DEUS Acima de tudo!

NOS VISITE!!! ENTRAR!!! CONTINUAR>>>


COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

domingo, 24 de agosto de 2014

Getúlio Vargas - 60 anos da sua morte

Um tiro completa 60 anos


Meu saudoso pai comprava flores no mercado municipal de Taubaté - Vale do Paraíba -, quando a florista esbaforida soltou a bomba: Acabei de ouvir no rádio que o velho se matou! O velho era Getúlio Dornelles Vargas, presidente do Brasil. O rádio, em 1954, era o principal veículo pelo qual os brasileiros ouviam músicas, programas humorísticos e notícias. TV era bem de ricos.


O que se seguiu foi uma agitação gigantesca. O falecimento de um presidente em exercício já seria motivo para um metralhar de aflições e análises. Mas a morte por suicídio - um tiro no coração - fez com que os brasileiros ficassem perplexos. O homem mais poderoso do país, de forma trágica, pulara para fora do poder e da vida.

Papai, com 23 anos, correu do mercado, pegou sua bicicleta e pedalou furiosamente. Com uma das mãos controlava o guidom, com a outra carregava um buquê de rosas vermelhas. Elas eram para a minha mãe que aniversariava naquele 24 de agosto. Ao saber do drama, mamãe ficou tão chocada que, à noite, eles não sopraram velinhas, nem cantaram o parabéns pra você.
 
O Rio de Janeiro, então capital federal, levou uma multidão para as ruas a compor o cortejo fúnebre. Todos queriam ver alguma coisa do morto, pranteá-lo. O gaúcho, nascido em São Borja no ano de 1882, havia sido um 3 em 1: revolucionário, ditador, presidente eleito. Morto, em questão de horas, virou um mártir da nação.

Durante toda minha vida, ouvi essa história repetidas vezes. Meu pai ressaltava o trauma político, a relevância de Getúlio para os trabalhadores, a oposição furiosa de seu maior inimigo Carlos Lacerda etc. Minha mãe realçava a parte do bolo, das velinhas apagadas, da comemoração frustrada. Eu nasceria um ano e dois meses depois.


Até hoje, quando aparece a oportunidade, pergunto para os mais velhos onde eles estavam quando souberam da morte de Getúlio Vargas. Todos - fãs e detratores - conseguem se lembrar. E invariavelmente fazem menção à última frase de sua carta de suicida: Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História.

pesquisadores que afirmam que a carta-testamento teria sido redigida por um escritor fantasma. Provavelmente, pois presidentes por falta de tempo ou de talento, em geral, não costumam escrever o que dizem. Mas isso importa pouco. Para o imaginário popular, a linda frase final é do nosso suicida mais famoso. E ponto.


Fonte: Yahoo! Imagem: Régine Ferrandis, de Paris

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada