Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Depois de divulgar o pior déficit da história, Dilma autoriza reajusta da gasolina que deve ficar de 4% a 5% mais cara. Dessa fria, Aécio se livrou




Para zerar a conta do déficit da Petrobras o aumento teria que ser de 20%
Após eleições, governo divulga o pior déficit da história O relatório do Tesouro Nacional aponta uma queda de 10,8% na arrecadação de Imposto de Renda e de 36% nas demais receitas 

Passadas as eleições, o governo registrou o pior resultado primário mensal da história. O governo central (que inclui Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) registrou um déficit de R$ 20,4 bilhões nas contas públicas, o sexto deste ano e o quinto consecutivo. A situação torna o cumprimento da meta para este ano, de superavit de R$ 80,8 bilhões, praticamente inviável. No acumulado até agora, o governo falhou em economizar e o resultado até setembro foi deficitário em R$ 18,9 bilhões.
Esse valor é R$ 43,7 bilhões menor do que o registrado em 2013 para o período. Até agora, o pior resultado havia ocorrido no auge da crise financeira global, em dezembro de 2008, quando as contas públicas fecharam o mês com um rombo de R$ 19,9 bilhões.

As receitas líquidas tiveram uma queda de 5,7% em setembro. O governo arrecadou R$ 77,7 bilhões no mês, ante R$ 82,4 bilhões. O relatório do Tesouro Nacional aponta uma queda de 10,8% na arrecadação de Imposto de Renda e de 36% nas demais receitas.

As despesas, por sua vez, tiveram crescimento de 5,6% e atingiram a cifra de R$ 98,1 bilhões. Todos os três órgãos que compõem o governo central tiveram acréscimo nas despesas, com destaque para a Previdência Social, que gastou 22%, ou R$ 7,4 bilhões, a mais.

O resultado, sem precedentes, acontece a despeito do incremento de inúmeras receitas extraordinárias. Entre agosto e setembro, entraram nos cofres públicos R$ 8,7 bilhões relativos ao Refis, programa que permite que empresas parcelem e quitem seus débitos tributários. Só em dividendos, houve arrecadação de R$ 17,6 bilhões até o fim do mês passado, R$ 3 bilhões a mais do que em 2013.


Petrobras decide hoje: gasolina deve ficar de 4% a 5% mais cara
Conselho de Administração da Petrobras se reúne hoje para definir aumento para novembro. Será a segunda medida impopular do governo depois das eleições
Depois do aumento dos juros decidido pelo Banco Central (BC), a próxima medida dura do governo deverá envolver o preço dos combustíveis. As expectativas do mercado são de que o Conselho de Administração da Petrobras decida hoje, durante reunião, pelo aumento de 4% a 5%, em novembro. O último foi em igual mês, em 2013, de 4% para gasolina e 8% para o diesel

Caso isso se confirme, será a segunda medida impopular do governo dias após o resultado do segundo turno da eleição presidencial. “Se isso ocorrer, indicará maior comprometimento do governo com a normalização dos preços administrados”, avaliou o economista-chefe da INVX Global Partners, Eduardo Velho. Ontem, os comentários de consumidores nas redes sociais eram de que a gasolina chegará a R$ 3,50 em Brasília.

Para o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, Adriano Pires, mais importante do que alterar os preços é o governo “apontar para uma política clara de reajustes”, que impeça que os valores voltem a ficar defasados. Ele também espera por uma alta de preços hoje, mas acha que a tendência mais forte é de que, em vez de direcionar a elevação da receita à estatal, o governo opte por ressuscitar a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

“Isso reforçaria o caixa do Tesouro, o que seria bem-vindo no atual quadro fiscal”, explicou. Os municípios, que também recebem parte do montante arrecadado, podem ampliar os investimentos em transporte coletivo, algo que vai ao encontro das exigências das ruas nas manifestações do ano passado. A Cide é um tributo que começou a ser progressivamente reduzido em janeiro de 2003, quando acrescentava R$ 0,28 ao litro da gasolina, até ser zerado junho de 2012.

Os preços do petróleo no mercado internacional baixaram neste mês e agora estão em linha com o mercado brasileiro. Por isso, Pires não vê mais razão, do ponto de vista da Petrobras, para mudar o que se cobra nas refinarias. De janeiro a outubro, quando os valores estavam desfasados, a estatal acumulou prejuízos. Mas, para zerar a conta seria necessária uma alta de 20% no preço da gasolina. “Não se pode contar com isso porque o efeito inflacionário seria muito alto”, sentenciou.

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada