Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

IMPOSTÔMETRO

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

PT e ex-presidente Lula perdem força nos Estados

No Sul, o desempenho do PT foi medíocre. Na região, o partido não elegeu em 2014 um único governador, nem senador. 

[Infelizmente não foi dessa vez a eliminação do PT, Perda Total. Mas, sem sombra de dúvidas, muito provavelmente o PT será eliminado no decorrer de 2015 - o 'impeachment' da Dilma, assumindo Temer a presidência,  é algo possível e muito provável; 
caso Dilma resista até outubro 2018 - o que é altamente improvável - as eleições daquela data sepultarão definitivamente o "partido dos traidores".
Quem viver, verá.
Fechando com chave de ouro o elenco de derrotas do PT, a estulta Dilma Rousseff foi eleita com o apoio de MENOS de 40% do eleitorado, ]

Os candidatos apoiados pelo ex-presidente Lula perderam no Amazonas, Pará, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, estados visitados por ele neste segundo turno. O Acre foi a exceção, demonstrando que o ex-presidente não tem a mesma força de eleições passadas.

Pressionado pela cúpula do maior aliado do PT, o PMDB, o ex-presidente foi ao Pará. Apoiou o candidato Helder Barbalho (PMDB), filho do senador Jader Barbalho (PMDB). Helder perdeu. Outro que reivindicava apoio de Lula era o candidato ao governo do Amazonas, o senador Eduardo Braga (PMDB). Lula foi ao estado no primeiro turno e voltou no segundo. Eduardo saiu derrotado. Foi reeleito o governador José Mello (PROS), que contou com o apoio do prefeito de Manaus, Artur Neto, desafeto de Lula.

No Mato Grosso do Sul, o senador Delcídio do Amaral (PT) perdeu para Reinaldo Azambuja (PSDB), mesmo com o empenho de Lula, que visitou o estado no primeiro e no segundo turnos. No Sul, o desempenho do PT foi medíocre. Na região, o partido não elegeu em 2014 um único governador, nem senador. Hoje, o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), perdeu para o azarão Ivo Sartori (PMDB). Lula visitou os gaúchos em ambos os turnos.

Salvou-se o Acre. O PT manteve a hegemonia. Lá, Tião Viana foi reeleito após derrotar o deputado federal Márcio Bittar (PSDB). O ex-presidente compareceu neste segundo turno ao estado. No primeiro turno, foram sofridas derrotas importantes. Os candidatos bancados por Lula perderam em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco e Paraná.

Fonte: Gabriel Garcia - Blog do Noblat

 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada