Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 8 de novembro de 2014

Ex-seal que matou Bin Laden recebe ameaças de morte de jihadistas

As fotos de O'Neill acompanhadas de mensagens em árabe e em inglês com pedidos de vingança pela morte de Bin Laden foram divulgadas no Twitter e no fórum dos jihadistas Al-Minbar, informou o SITE.

Uma mensagem afirma, em árabe: "Enviaremos aos lobos solitários nos Estados Unidos a foto deste Robert O'Neill que matou o xeque Osama Bin Laden". Outra destaca, nos dois idiomas: "Vocês, os muito apreciados muçulmanos nos Estados Unidos, esta é sua oportunidade de entrar no paraíso".
Capa da revista Time estampada com o rosto de Osama bin Laden é vista no aniversário de 11 anos dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2012, em Nova York - Foto de Mario Tama/Getty/AFP/Arquivos

O ex-militar afirmou ao jornal que decidiu revelar seu nome depois de um vazamento do SOFREP, um site de ex-combatentes Seals. Um ex-combatente dos Navy Seals, tropa de elite da marinha americana que trabalha nos mais absoluto sigilo, foi ameaçado de morte por jihadistas depois de revelar publicamente que deu o tiro fatal no líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden.
Marine que diz ter matado Bin Laden é ameaçado de morte -
Foto de dp/vl/dmk, Cecilia Rezende/AFP

Robert O'Neill, de 38 anos, afirmou ao jornal Washington Post que atirou no líder da Al-Qaeda em seu esconderijo de Abbottabad, Paquistão. Os jihadistas fizeram ameaças imediatamente contra O'Neill, segundo o SITE, organismo de vigilância das redes utilizadas por extremistas islâmicos. 

O vazamento foi uma reação ao anúncio de que o canal Fox News exibirá, nos dias 11 e 12 de novembro, um documentário chamado "The Man who Killed Usama ben Laden" ("O Homem que Matou Osama bin Laden"), no qual ele revela sua identidade. Durante a operação contra Bin Laden em 2011, O'Neill, que nasceu em Montana e tem múltiplas condecorações, afirma que era o segundo na posição de ataque. Quando o líder da Al-Qaeda apareceu, seu companheiro na linha de frente errou o tiro. "Bin Laden estava ali parado, com as mãos nos ombros de uma mulher, e a empurrava para frente", relatou O'Neill.

Apesar da escuridão do quarto, ele conseguiu ver claramente o rosto de Bin Laden com a mira de visão noturna e atirou. Teve certeza de que estava morto, ao ver seu crânio partido.

Segundo o jornal, dois integrantes do comando que participou na operação confirmaram a identidade do ex-soldado.  Durante muito tempo, o ex-Navy SEAL ficou em dúvida sobre tornar pública sua identidade, que já era conhecida em altos círculos militares, membros do Congresso e por pelo menos dois meios de comunicação.  Um encontro com os familiares das vítimas dos atentados contra as Torres Gêmeas do World Trade Center de Nova York, em 2011, acabou por convencê-lo de que deveria falar sobre a operação que terminou com a morte de Bin Laden.  "Os familiares me disseram que isso os ajudou, de alguma maneira, a ter um desfecho", explicou O'Neill ao Post.

O comandante dos Navy Seals, o contra-almirante Brian Losey, e o Force Master Chief, Michael Magaraci, divulgaram no fim de outubro uma advertência que lamentava a decisão de quebrar o que destacaram como um "princípio fundamental" dos marines: "Eu não anuncio a natureza de meu trabalho, nem busco reconhecimento por minhas ações". 

Outro membro da unidade que participou na operação em Abbottabad, Matt Bissonnette, teve problemas em 2012 ao publicar um livro de memórias sem pedir a autorização prévia do Pentágono. Em uma entrevista exibida na quinta-feira pelo canal NBC, Bissonnette discordou da versão de O'Neill. "Duas pessoas diferentes contam duas histórias diferentes por duas razões diferentes", disse. 

"Pouco importa o que diga", destacou Matt Bissonnette, que escreveu o livro "No Easy Day" ("Não Há Dia Fácil", no Brasil) com o pseudônimo de Mark Owen. O'Neill havia completado 15 anos de serviço quando participou da operação contra Bin Laden. Em 2009, fez parte de uma missão para resgatar o capitão de um navio sequestrado por piratas somalis. A história virou filme, "Capitão Phillips" (2013), protagonizado por Tom Hanks.



Fonte: AFP

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada