Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

domingo, 16 de novembro de 2014

Milhares pedem saída de Dilma em manifestações, ontem, em várias cidades - Dez mill pedem intervenção militar



Várias cidades do país têm ato contra Dilma

Manifestantes saem às ruas para pedir impeachment da presidente Dilma Rousseff



 Estadão - Conteúdo
 Manifestantes fazem ato contra Dilma na Avenida Paulista
Manifestação chegou a reunir 10 mil pessoas por volta das 15h30, diz PM.
Grupo pediu impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Um ato contra a presidente Dilma Rousseff chegou a reunir 10 mil pessoas na Avenida Paulista às 15h30 deste sábado (15), segundo o coronel da Polícia Militar Glauco Carvalho. A manifestação, que reivindicava, entre outras coisas, o impeachment da presidente, começou às 14h e fechou a avenida em dois momentos. O desfecho da passeata foi na Catedral da Sé, por volta das 18h.


Manifestantes se concentram no vão livre do Masp para iniciar passeata (Foto: Olívia Florência/G1)
 
O ato, que ocorreu de maneira pacífica, foi organizado nas redes sociais e chegou a ter 149 mil confirmações em um evento criado no Facebook. Os manifestantes se concentraram no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e, depois de fechar a Paulista das 15h30 às 16h35, tomaram todas as pistas da Avenida Brigadeiro Luís Antônio sentido Centro. As informações são da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).
Segundo a PM, entre 6 mil e 8 mil pessoas seguiram pela Brigadeiro. Os demais permaneceram no vão livre do MASP e, às 17h, entre 1,5 mil e 2 mil pessoas voltaram a ocupar a Avenida Paulista e a Consolação rumo à Sé. A Paulista foi totalmente fechada mais uma vez, das 17h às 17h30. 



 Manifestantes na Avenida Paulista pedem saída da presidente Dilma Rousseff (Foto: Olívia Florência/G1)

Um outro grupo com cerca de 100 pessoas, segundo o coronel Carvalho, responsável pelo policiamento do ato, caminhou até o Comando Militar do Sudeste, próximo ao Parque do Ibirapuera. Eles pediam intervenção militar, de acordo com o oficial.


Renan Santos, de 30 anos, empresário e coordenador do Movimento Brasil Livre,  foi um dos organizadores da manifestação e representava uma ala menos radical na passeata. "Não estamos pedindo impeachment ou intervenção militar. Queremos a investigação do caso 'petrolão', do caso dos Correios. Caso comprovada a relação da presidente com esses escândalos, podemos pedir o impeachment", disse ele. Apesar da afirmação de Renan, muitos no local carregavam bandeiras com os dizeres "fora Dilma" e "impeachment".

Crítica de Lobão
O cantor Lobão, que chegou a dizer que deixaria o Brasil caso Dilma Rousseff fosse reeleita, mas depois voltou atrás, relatou em seu perfil oficial no Twitter que foi à manifestação. No entanto, ele afirma que deixou o vão do Masp, ponto de encontro do ato, após se deparar com dizeres pedindo intervenção militar.

Fonte: Estadão e G 1 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada