Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

IMPOSTÔMETRO

sábado, 22 de novembro de 2014

Polêmica em palestra de Oscar Schmidt

Oscar Schmidt xinga estudantes em palestra; esposa diz que ex-jogador está traumatizado 

Oscar Schmidt foi de herói a vilão em Caruaru, no domingo passado. Esperado por mais de dois mil alunos de uma faculdade, o ídolo do basquete nacional foi alvo de críticas, além de ser taxado de arrogante pelos estudantes e pela direção da instituição de ensino. Para o ex-jogador, sobraram as vaias e um auditório vazio.

Vídeo: Oscar Schmidt cobrou R$ 40 mil por palestra que teve insultos e abandono em massa

Segundo as reclamações nas redes sociais, Oscar foi grosseiro com o público e chegou a falar palavrões após se irritar com falha no sistema de som do evento. "Chegou atrasado e para piorar a situação, seu notebook apresentou problemas. Foi sugerido que ele passasse o slide para um pendrive, mas ele se negou a passar, alegando que ninguém poderia ter acesso aos materiais exclusivos dele", contou a estudante Cybeli Oliveira em post no Facebook.

Após 30 minutos de espera até a resolução do problema, a palestra começou, mas o microfone de Oscar apresentou interferência. O mediador da palestra ofereceu o aparelho. "Ele simplesmente recusou dizendo que não aceitaria, porque aquele tipo de microfone era para amador", relatou Cybeli.

Ainda segundo a estudante, Oscar se irritou e soltou vários palavrões. "Insultou e humilhou a plateia em todos os momentos, reclamava o tempo todo com as pessoas que estavam tirando fotos dele, dizendo que estava ali para contar a história dele e não para ser fotografado, pois quem quisesse tirar foto dele poderia ir embora."

Esposa de Oscar dá outra versão

Em entrevista ao Globo Esporte, a esposa de Oscar, Maria Cristina Victorino Schmidt deu a outra versão do caso. Ela diz que o ex-jogador ficou traumatizado e triste pelo ocorrido em Caruaru.  Estava todo mundo conversando, e ele disse: "Enquanto vocês não ficarem quietos não vou começar". Ele já falou isso tantas outras vezes. Foi gente que não se comportou direito e ainda reclama. Estamos traumatizados, muitos tristes. Voltamos sozinhos para Recife, largaram a gente no hotel. O comentário na viagem era: “Como acontece isso? Colocam em xeque o trabalho que a gente faz”. Ele ficou desiludido, eu fiquei arrasada. Fiquei muito triste. Ele nem quer tocar no assunto de tristeza”, comentou. 

 Fonte: Correio Braziliense

 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada