Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

sábado, 8 de novembro de 2014

Se preciso, o PT mata - Celso Daniel é um dos exemplos

Os novos demônios, a imprensa golpista e um juiz que não se pode mandar matar

Como médico e funcionário público, há muito venho denunciando o caos e as barbaridades perpetradas contra os pacientes e colegas no Sistema Único de Saúde. Como cidadão, pagador de impostos e eleitor, como simples telespectador e leitor de qualquer jornal, acompanho e presto minha solidariedade ao tratamento canino que estão recebendo os professores e policiais brasileiros.

De uma maneira geral eu não podia, até hoje, acreditar que existisse classe profissional que estivesse submetida à humilhação maior durante o Regime Petista no Brasil do que os funcionários da segurança, educação e saúde. Hoje vou me dirigir aos juízes brasileiros. Vou correr esse risco de escrever em sua defesa no país onde quem escreve qualquer coisa parece ter “sempre um motivo por trás” - prato cheio para aqueles que vão dizer que, “já que o Dr. Milton move ações contra a Administração Pública”, natural que se torne um puxa-saco dos magistrados. 

Escrevo num exercício daquilo que se chama empatia: a capacidade de colocar-se no lugar do outro. Defendo os verdadeiros juízes num tempo e lugar em que a primeira contestação ao meu texto há de ser que “juízes não passam fome” ..não “pegam ônibus” ..não “fazem plantão, não levam tiros nem apanham de alunos traficantes de crack” - argumentos típicos de gente que esconde a cara com toucas ninja e quebra lojas e caixas eletrônicos dizendo que quer mudar o Brasil. 

Quando alguém decide apoiar ou atacar o trabalho dos juízes brasileiros, não percebe que é movido por uma sensação própria, inerente à condição humana, e incapaz de ser compartilhada – o desejo de justiça. Ninguém precisa ser médico para sentir-se doente e buscar ajuda, não precisa ser professor para identificar ignorância em si mesmo e lutar por educação, e muito menos juiz para saber que está sendo injustiçado em qualquer circunstância da vida social.

Decorre dai, que esse sofrimento subjetivo, essa sensação odiosa e contínua produzida na circunstância de um direito lesado é algo inerente a vida em sociedade nas situações de crise e desordem institucional. Lembremos ainda que não são mais do que  homens e mulheres os juízes e juízas que hoje atuam no Brasil Petista e que, se “não são deuses” como disse a agente de trânsito carioca, também não são “demônios” que estão contra a população.  

Perceba-se, naquilo que acima foi escrito, que existe – assim como ocorre no caso dos médicos – uma necessidade contínua do Partido Religião de referir-se à magistratura brasileira como um segmento especial..como um grupo de pessoas que não fazem parte daquilo que o PT insiste em chamar de “sociedade civil como um todo” e onde só se entra sob a benção de alguma minoria, ONG ou movimento social fantoche do PT. 

Coloco-me agora, portanto, no lugar dos verdadeiros juízes e juízas do Brasilprincipalmente os de primeiro grau – para aqui deixar explícita minha solidariedade com aqueles que sofrem o calvário de tentar aplicar justiça num país dominado por um partido revolucionário e me identifico, simplesmente como cidadão, com o seu sofrimento. Imagino eu o tormento, que não depende de salário ou auxílio moradia, o constrangimento, que não depende de férias e estabilidade na carreira, de lidar-se com operadores da justiça – advogados de ONGs e promotores a soldo do PT – num país governado por gente que acredita que a “Constituição precisa ser Permanentemente Discutida” e as decisões do Poder Judiciário “debatidas com a sociedade como um todo”.

Declaro entender perfeitamente não haver salário que pague esse tipo de estupidez nem a afronta contra anos de estudo, concurso público, e uma vida dedicada com zelo à carreira que os senhores seguiram. Vejo, acima de tudo, o risco que corre em primeiro lugar o cidadão comum que crê piamente na independência dos senhores e na correta aplicação de uma Lei que não foi escrita jamais para servir interesses delirantes de quem quer uma constituição, uma moeda e um código penal únicos para toda América Latina. 

Senhoras e senhores juízes brasileiros, certa vez eu li que uma injustiça que se comete contra um cidadão é uma ameaça que se faz a todos os outros mas, vejo hoje, no fanatismo do Brasil Petista,  que uma ameaça que se faz a um juiz é uma injustiça contra toda sociedade. Os verdadeiros juízes do país juntaram-se aos médicos, policiais, professores e militares na crescente classe de “novos demônios” que somados à “imprensa golpista”, o Partido Religião, cada vez mais histérico, insiste em jogar contra o resto da sociedade.

Que Deus ajude a todos nós – ele é o único Juiz que o PT não pode mandar matar. 

Por: Milton Simon Pires é Médico.

 

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada