Visitantes desde 1º junho 2013

Free counters!

COMUNICADO - Novo Site

Nota de Esclarecimento

Importante:

Memória: em 8 setembro 2007, começamos as atividades deste Blog, sob o título Blog da UNR e nossos objetivos estão bem destacados no nosso primeiro post, título 'início das atividades...' .

De imediato, constatamos que estando a esquerda no governo, uma dificuldade se apresentava: contar os erros, as traições, as covardias, os assassinatos, as falcatruas cometidos pela esquerda durante o Governo Militar OU contar os crimes que a esquerda, a petralhada à frente, continua cometendo nos dias atuais? (apesar de fragorosamente derrotada pelos militares a esquerda aproveitou-se da generosidade dos vencedores e voltou tal qual serpente e conseguiu PERDER A GUERRA e vencer a Batalha da Comunicação, passando de vilão a heroína).

A famigerada esquerda conseguiu o poder - agindo disfarçada de democrata - e passou a mostrar, de forma descarada, ser pior que antes.

Diversos motivos, que não vem ao caso aqui detalhar, tornaram conveniente alterar o nome do Blog da UNR, que passou a denominação de BLOG PRONTIDÃO, mantendo a URL.

Apesar de ser um Blog pequeno, fruto de um trabalho amadorístico, porém de muita dedicação, contando com poucos seguidores, alguns visitantes fiéis, outros eventuais, tivemos a imensa alegria de constatar que incomodávamos a petralhada - o que foi fácil perceber pela necessidade de 'moderar comentários', pelos xingamentos que recebemos a cada postagem, tentativas de invasão (parcialmente exitosas, com modificações de postagens {o mais odioso foram as vezes que conseguiram mudar palavras, trechos de postagens, títulos, e passar a idéia que defendíamos o desgoverno petralha}).

Para tornar mais dificil que os guerrilheiros da informática à serviço do desgoverno - o ministro da Secom, Traumann, foi demitido por admitir publicamente que o desgoverno Dilma, a exemplo do seu antecessor $talinácio Lula, usam a guerrilha virtual - continuassem a nos incomodar, decidimos suspender, temporariamente, a veiculação de POSTs no Blog Prontidão, passando a veicular no Blog PRONTIDÃO TOTAL, usando outra URL.

Claro que alguns leitores não acessaram o Blog Prontidão Total - o que atribuímos a alguma falta de comunicação da nossa parte - porém, de tudo concluímos que podemos e VAMOS PERMANECER firmes e fortes, protegidos da sanha 'assassina' dos guerrilheiros virtuais do desgoverno, contando a verdade, tudo o que soubermos e o nosso amadorismo permitir, do muito de ruim, de nocivo, de pernicioso, que o atual desgoverno pratica, estimula, esconde e apoia.

Voltar ao Blog PRONTIDÃO seria pretender que nossos poucos leitores ficassem pulando de galho em galho - a manutenção da nossa 'linha editorial', que vem desde 2007, é eloquente e fiel aos fatos ao provar que nossos ideais permanecem firmes, estamos apenas mais fortes.

Vamos continuar com a denominação Blog PRONTIDÃO TOTAL, na URL que atualmente atende àquele Blog, mantendo nossa postura de apresentar sempre a VERDADE - verdade que representa os fatos (aliás, não podemos esquecer, verdade e fato são unos)e não a verdade conveniente (tática usada pela esquerda petralha).

Felizmente, temos dois leitores, afinal, escrevemos e vamos continuar escrevendo para dois leitores: "Ninguém" e "Todo Mundo".

Por favor, nos honre com sua visita, clicando aqui: Blog Prontidão Total ou em qualquer link disponível, em azul, neste texto

ou colando em seu navegador: http://brasil-ameoudeixe.blogspot.com.br/

ou Blog Prontidão Total

BRASIL! ACIMA DE TUDO

IMPOSTÔMETRO

Ad Sense

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Jordânia executa terrorista iraquiana Sadija al-Rishawi - Cinco fatos sobre a mulher-bomba executada pela Jordânia



Em retaliação à morte do piloto Moutah al-Kasaesbeh, queimado pelo EI, governo ordenou o enforcamento da militante e de outro membro da al-Qaeda
A Jordânia executou por enforcamento a jihadista iraquiana Sajida al-Rishawi, nas primeiras horas desta quarta-feira. A execução da militante veio como resposta à morte do piloto jordaniano Muath al-Kasaesbeh, queimado vivo pelo grupo extremista Estado Islâmico na terça-feira.

[somos e sempre seremos radicalmente contra os terroristas; mas, pedimos vênia para discordar da decisão do governo jordaniano de executar a mulher-bomba em represália ao covarde assassinato do piloto.
Em termos de castigo a execução de  Sajida al-Rishawi nada vai significar para ela. Se tratava de uma mulher-bomba,  que por uma situação fortuita - falha no seu colete-bomba -   não explodiu quando participou do atentado e com isso ela não explodiu.
Assim, a morte, explodida ou enforcada, nada significa para ela e menos ainda para o Estado Islâmico, que terá o 'orgulho' de constatar que a vida de dois terroristas   (Sajida al-Rishawi eZiyad Karboli) tem o valor da vida de um soldado jordaniano. 
No mínimo, a Jordânia poderia até executar os dois terroristas mas de uma forma mais cruel do que a execução do piloto e assim aproximaria um pouco a retaliação.]


Sajida al-Rishawi, de 44 anos, foi condenada à morte em setembro de 2006 por participação em um atentado terrorista em Amã, em 2005. Outro terrorista, Ziyad Karboli, da al-Qaeda, também foi executado.  Segundo fontes do governo jordaniano, a iraquiana seria trocada por al-Kasaesbeh. Com a morte do piloto, o Exército da Jordânia prometeu vingança contra o grupo jihadista.

O rei jordaniano Abdullah II considerou como covarde a morte do piloto e pediu que todos os cidadãos do país se unissem.  — Este foi um ato terrorista covarde de um grupo de criminosos sem relação com o Islã. Todos os cidadãos jordanianos devem permanecer unidos — disse Abdullah II, antes de encontrar com o presidente americano Barack Obama, na Casa Branca.

Em Washington, Obama comentou a morte de al-Kassasbeh, e criticou a violência do grupo extremista. — A dedicação, o valor e o serviço do tenente Al-Kassasbeh a seu país e sua família representam valores humanos universais que ressaltam por contraste a covardia e depravação do Estado Islâmico, que foram rechaçadas ao redor do mundo. Teremos que redobrar a vigilância para ter certeza de que eles sejam derrotados — afirmou o presidente americano. — Foi mais uma demonstração da crueldade e da barbárie deste grupo, interessado apenas em morte e destruição.

Obama se reuniu no início desta noite com o rei jordaniano Abdullah II, que conversou com o vice-presidente americano Joe Biden e o secretário americano de Estado, John Kerry, durante a tarde. — Hoje estamos ao lado do povo da Jordânia no lamento pela morte de um de seus cidadãos — afirmou o presidente, reafirmando sua intenção de oferecer US$ 3 bilhões em apoio à segurança do país. — Nesse momento de dor mútua, devemos nos manter unidos em respeito a seu sacrifício para combater essa ameaça.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou o assassinato do piloto, afirmando que o Estado islâmico é “uma organização terrorista sem respeito pela vida humana”, e pedindo a governos que “amplifiquem seus esforços para combater o flagelo do terrorismo e do extremismo religioso”.



Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada